Verão na Casa

Casa Amarela by Nathalia Otero (3)

Verão na Casa

Verão na Casa (Casa Amarela) - janeiro2018 

Moda, decoração, arte, comidinhas e glitter

Dia 27/01, o coletivo tijucano Casa Amarela dá início às suas atividades do ano com um evento em clima de folia. Além dos 23 Residentes do projeto, que estarão com seus ateliês abertos, o espaço receberá marcas convidadas com fantasias e adereços carnavalescos para quem busca opções criativas para curtir os bloquinhos da cidade.

O “portas abertas” terá lançamento de coleção, apresentação das novas marcas residentes e lindezas indispensáveis para curtir o verão e o carnaval como as cangas da Zizi Anil, colares porta glitter para retocar a make da Oficina Carioca de Miniaturas, fantasias da by Nathalia Otero que podem ser adaptadas para usar o ano todo, pochetes coloridas da Teresa Maddalena e macaquinhos agender fresquinhos estampados da Toda Forma de Amor. Vale ir a caráter e aproveitar o “mini open bar de purpurina”!

A programação também inclui flash tesoura (corte de cabelo por R$50) e flash tattoo para aqueles que querem mudar o visual. O cardápio fica por conta do Chef Gustavo Fonseca e a doceria Kel Gastronomia, com direito a cerveja cortesia de boas vindas e as festejadas rodadas de limonada batizada por conta da casa.

Casa Amarela by Nathalia Otero (3)

Foto: Nathalia Otero

Em caso de dia ensolarado dá para curtir o quintal para relaxar, bater papo, balançar na rede e até aproveitar o banho de mangueira liberado.

Casa Amarela é um espaço compartilhado que abriga projetos e criações de pequenos produtores locais em uma charmosa casa tijucana.”

Verão na Casa

Dia: 27/01 (sábado)

Horário: 10 às 20h

Local: Casa Amarela – Rua Babilônia, 18A Tijuca

Entrada gratuita – Classificação livre

Casa Amarela (foto Ana Brettas) (10)

Foto: Ana Brettas

#DogFriendly

Nostalgia em bits: Museu do Videogame chega ao Shopping Nova América

MUSEU DO VIDEO GAME_SHOPPING NOVA AMÉRICA_ZONA NORTE ETC

Nostalgia em bits: Museu do Videogame chega ao Shopping Nova América

MUSEU DO VIDEO GAME_SHOPPING NOVA AMÉRICA_ZONA NORTE ETC

300 consoles, 6.000 jogos, campeonatos, cosplay, Just Dance, talk-shows com gamers e geeks e muito mais!

Atari, Nintendinho, Master System, Mega Drive, Nintendo 64, Sega Saturn, Dreamcast, Game Cube, Xbox, Playstation 1. É raro encontrar alguém com menos de 40 anos que já não tenha jogado ou visto alguém jogar alguns dos games mais clássicos que fizeram história no Brasil e no mundo. Jogos como River Raid, Enduro, Pac-Man, Super Mario Bros, The Legend of Zelda, Donkey Kong, Sonic, Alex Kid, Top Gear, Street Fighter, Mortal Kombat, Final Fantasy, Castlevania, entre muitos outros, ficaram marcados na infância e adolescência de milhões de pessoas. E mesmo com a nova geração de videogames, são muitos que ainda cultivam boas lembranças dos aparelhos de 2, 8, 16, 32, 64 ou 128 bits.

E para aqueles que curtem jogos eletrônicos de todas as épocas, a boa notícia é que o Shopping Nova América está trazendo tudo isso e muito mais aqui para o Rio de Janeiro (e melhor ainda, para a nossa Zona Norte!) com o Museu do Videogame Itinerante. Criado há cinco anos pelo jornalista e curador, Cleidson Lima, o museu, que não tem sede fixa, passou este ano a visitar cidades de todos os estados do Brasil. Desde 2011, mais de 450 mil pessoas conheceram o acervo que é exposto apenas durante 15 dias.

Com mais de 300 consoles e ultrapassando os 6 mil jogos, o Museu do Videogame Itinerante desembarca no Shopping Nova América permitindo aos visitantes não só conhecer, mas também jogar games clássicos dos últimos 45 anos no período de 13 a 28 de janeiro. Entre as atrações também há desafios Just Dance, simuladores de corrida, torneios de jogos antigos, desfile de cosplay, espaço PlayStation VR, Nitendo Switch entre outras.

Para aqueles que curtem dançar e suar a camisa, uma outra atração no evento será o palco Just Dance 2018. Nele, o jogador é desafiado a imitar os mesmos movimentos de dançarinos profissionais virtuais e, assim, alcançar a melhor pontuação no ranking do evento. Os mais bem colocados poderão, inclusive, participar do concurso Just Dance 2018, da Ubisoft, e faturar brindes e prêmios. 

Não vai ficar de fora dessa, né? Estamos esperando por você!

Confira as datas dos campeonatos:

23/01 - Campeonato Street Fight

24/01 - Campeonato Mortal Combate

25/01 - River Raid

26/01 - Concurso Cosplay

28/01 - Concurso Just Dance

Além disso, vão rolar lives com grandes nomes do mundo pop, nerd e gamer nos dias 20, 21, 27 e 28/01. Em breve divulgaremos a programação completa das lives.

Marque presença no evento do facebook e nós nos veremos por lá!

Relíquias

Entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985).

E as raridades não param por aí. Há itens realmente desconhecidos até mesmo para alguns colecionadores, como o Coleco Telstar Arcade, de 1977. Lançado na era pong, o console era triangular e cada um dos seus lados tinha um controle diferente. Seguindo a mesma linha, o Museu do Videogame Itinerante traz o Coleco Telstar Combat, de 1977, que tinha como foco o público que gostava de tanques de guerra.

Outro videogame do acervo, o Action Max, de 1987, trazia jogos de tiro em fitas de videocassete. Os curiosos também podem curtir o Bandai Pip Pin Atmark, o único videogame criado pela Apple, em 1995. Todos os itens trazem informações com nome, data de lançamento e detalhes técnicos dos videogames. Alguns consoles antigos trazem também vídeos com comerciais de época e detalhes de como funcionavam.

Um dos diferenciais do Museu do Videogame Itinerante é que, além de conhecer consoles e jogos raros, os visitantes também podem jogar em alguns videogames que fizeram história, tais como oTelejogo Philco-Ford (1977), Atari 2600 (1976), Nintendinho 8 bits (1985), Master System (1986), Mega Drive (1988), Super Nintendo (1990), Nintendo 64 (1996), Game Cube (2001), Sega Dreamcast (1998), Xbox (2001), Playstation 1 (1994), entre outros.

Junta Local + Leão Etíope do Méier no Imperator

Junta Local_Leão Etíope do Méier_Imperator

Junta Local + Leão Etíope do Méier no Imperator

Junta Local_Leão Etíope do Méier_Imperator

Pela terceira vez, o Leão Etíope do Méier tem a alegria de convidar a Junta Local para ocupar o belo terraço do Imperator

Leão Etíope do Méier, grupo 'conterrâneo' de produção cultural em espaços públicos do bairro, fica a cargo da curadoria musical que, desta vez, traz o show de Junu (Geraldo Junior) em formato experimental com releituras de clássicos de sua carreira. Antes e depois, sets com muita música de todo canto do mundo com DJ Calbuque, DJ Rajão e DJ Bruno Negrão.

Junta Local é uma maravilhosa iniciativa que reúne pequenos produtores, rurais e urbanos, dedicados a qualidade e transparência no serviço e nos produtos. Fechando o ano, a feira oferece delícias diversas ao público.

 

Atrações:
Leão Etíope do Méier

Junta local

Junu (Geraldo Junior)

 

Observação:
Gratuito. Sujeito a lotação.

Mais informações:

Horário: 13h - 22h

Imperator Centro Cultural João Nogueira
Rua Dias da Cruz, 170 - Méier

Tel.(21) 2597-3897

Email: contato@imperator.art.br

Site

Facebook

Classificação: LIVRE

Coletivo Viver Bem | Encontro mediado por Janara Lopes

Coletivo Viver Bem

Coletivo Viver Bem | Encontro mediado por Janara Lopes

Coletivo Viver Bem

Para conectar, inspirar e construir coletivamente o Viver Bem!

Opinião se discute e nós queremos saber a sua! Para isso, foi criado o Coletivo Viver Bem, um projeto de criação colaborativa! Reuniram um time de mulheres inspiradoras para trocarem experiências com você! São encontros abertos ao público e gratuitos para discutir o papel da mulher e desvendar mais sobre o que é Viver Bem. A nossa editora Carol Rabello tem o grande prazer de ser uma das convidadas dessa edição. Participe!

/// COLABORADORAS:

. Janara Lopes

É publicitária e fundadora da IdeaFixa, empresa de conteúdo multiplataforma que coloca o criativo no centro e é um dos maiores canais de inspiração e criatividade do Brasil.

. Carol Delgado

É antropóloga e articuladora de tecnologias sociais e diálogos coletivos em busca de um mundo mais plural. Inventa, analisa e conecta ideias no Puxadinho.

. Daniela Arrais & Luiza Voll

Dani é jornalista e autora do blog Don't Touch My Moleskine. Luiza é publicitária e designer de interações. As duas são empreendedoras na Contente, empresa que conecta pessoas em missões de impacto emocional positivo, tanto no universo online quanto offline.

. Débora Albarello

É gerente de conteúdo na Think Olga, ONG que luta pelos direitos das mulheres e que criou campanhas contra a violência de gênero como #ChegadeFiuFiu e #PrimeiroAssédio.

/// CONVIDADAS NESTA EDIÇÃO:

. Carol Rabello

É produtora executiva especializada em marketing de moda, com passagem por várias marcas cariocas, inclusive o Cantão. É criadora e editora do site Zona Norte Etc.

. Clariza Rosa

É comunicóloga e sócia da Jacaré Moda, produtora que está ajudando a reescrever os padrões das passarelas e abrindo caminho pra um novo olhar sobre a moda brasileira.

/// APOIO: Mama Shelter Rio de Janeiro e L'Occitane au Brésil

entrada gratuita; sujeita à lotação.

Sábado (09/12) de 16h às 21h
Mama Shelter | R. Paschoal C. Magno, 5 - Santa Teresa

Mais informações aqui.

Periferia é +

jcre

Periferia é +

periferia é mais

Tudo começou em setembro, quando o coletivo Papel & Caneta reuniu um mega time com lideranças criativas de diferentes partes do mundo para conhecer a história da produtora Jacaré Moda e mostrar a potência dos jovens das periferias do Rio de Janeiro. O resultado desse encontro foi o filme "Periferia é Mais" que será exibido no próximo sábado, 18/11, na MALHA, em São Cristóvão. Como se a felicidade por mais essa conquista dos nossos queridos parceiros não fosse suficiente, fomos convidados para participar dessa grande celebração com a nossa editora e produtora executiva Carol Rabello fazendo parte da mesa de debate do evento junto com o roteirista e diretor de cinema Emílio Domingos (+) (+) e a empreendedora e designer de moda Maria Chantal. Tudo isso com a mediação de Clariza Rosa. O tema debatido será "Periferia Como Narrativa Estética". 

O evento é gratuito, então segura essa data, não solta e vem com a gente: 18/11, sábado, na MALHA, que fica na Rua General Bruce, 274, em São Cristóvão.

Além da mesa de debate com o tema "Periferia Como Narrativa Estética", teremos:
+ Exposição dos editoriais criados pela Jacaré é Moda ao longo de 2017;
+ Exibição do Filme "Periferia é Mais";
+ Fervo Periférico com as DJs Louquai e JMinna;
+ Comidas :)

> ArteBurguer Gourmet
> Chef Thiago Trindade com Hermosos Nachos
> Bar com: cerveja zero grau, mate caseiro, refrigerante e água. #hidratese

Veja o Teaser

 

O restante da programação vai ser divulgada em breve aqui.

Você pode conferir os editoriais que fizemos em parceria com a Jacaré é Moda aqui e aqui.