ZN Night: Rio Música Contemporânea

Zona Norte Etc - Another Hot Brand With An American Name - Rick Yates - Rio Música Contemporânea - Imperator - Centro Cultural João Nogueira

Na última quinta-feira o Imperator – Centro Cultural João Nogueira recebeu a estreia do Rio Música Contemporânea, evento que promete trazer mensalmente os principais nomes da nova cena musical brasileira para a Zona Norte da cidade.

Com formato bem divertido, as bandas se entrelaçam transformando o show numa grande jam session em que os músicos se alternam, o que possibilita uma variedade de estilos que nesta edição foi do melódico Tono à rima feroz de Mc Sant. Além destes artistas, passaram também pelo palco a banda Séculos Apaixonados, o cantor Qinho, idealizador do projeto, e Mart’nália, convidada ilustre, que encerrou a noite com muita simpatia, animação e samba no pé.

Enquanto os artistas apresentavam suas composições no palco, uma outra forma de arte se desenrolava na lateral do teatro: a moda. Com uma bancada divertida e peças com frases inusitadas e tiragem limitada, a marca Another Hot Brand With An American Name trouxe para a Zona Norte seu estilo despojado ao propor a produção de camisetas ao vivo. A música rolava e o uniforme oficial do festival, uma t-shirt branca com o nome do evento, era carimbada em tinta vermelha, ali na hora. E para entender melhor esse mix de música, moda e arte que é a marca, conversamos com o criador Rick Yates, que nos contou um pouco sobre como surgiu o projeto:

Zona Norte Etc - Another Hot Brand With An American Name - Rick Yates - Rio Música Contemporânea - Imperator - Centro Cultural João Nogueira

Foto: Fabiano Albergaria

A Another como ideia já existe há uns quatro anos. Eu trabalhava com moda e numa saída de amigos, todos desse mercado, começamos a pensar num conceito de marca e eu fui o louco que anotou tudo. Então são detalhes como só ter peças unissex, o mood da marca de ser uma marca do casal independentemente da opção sexual e ter essa relação com a sensualidade e sexualidade

Mas o diferencial da Another é carregar em seu DNA a versatilidade de também ser uma produtora cultural e Rick explicou essa proposta:

Comecei a marca já como produtora cultural, porque foi a forma de unir todos os meus interesses: teatro, música, moda. Foi uma maneira de entender que o produto físico poderia caminhar junto com o produto cultural, que pode ser um wokshop de atuação ou um show como esse. Conversei com o Qinho que me contou sobre o projeto, que tem esse olhar bacana pro que está acontecendo fora da Zona Sul,diferente do olhar meio datado, meio velho de Ipanema ou Copacabana…

E para nós é um prazer participar dessa mudança de olhar! Que venham as próximas edições do festival!

Para saber as próximas datas, fique ligado por aqui na nossa agenda cultural ou nas dicas ZN que damos ao longo da semana. Na galeria abaixo você confere as imagens do que rolou.

[gallery_bank type=”images” format=”thumbnail” title=”false” desc=”false” responsive=”true” special_effect=”” animation_effect=”” album_title=”true” album_id=”1″]

ZN Night – Rogério Skylab no CEP 20 Méier

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3
Ricardo Chacal_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3

Chacal em ação no CEP 20 Méier | Foto: Raphael Brasil

 

Essa semana rolou mais uma edição do CEP 20 Méier no Imperator com Chacal, muita poesia e show de Rogério Skylab. A equipe do ZN Etc foi conferir mais uma vez o evento e aproveitou pra bater um papo super legal com um dos artistas mais emblemáticos da música carioca.

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3

Foto: Fabiano Albergaria

Nascido e criado no bairro do Rio Comprido, mais especificamente na Rua Conselheiro Barros (que desembocava na Rua do Bispo) Rogério Skylab, na época Rogério Tolomei Teixeira, foi criado nos moldes da ZN, com muito futebol de rua, pipa, samba e Tim Maia. Opa! Peraí, nem todo menino da zona norte cresce tão perto do síndico. Acontece que Skylab sim. Tim era uma dos grandes artistas que frequentavam a Rua Conselheiro Barros. Rogério tinha então 5 anos e mantém viva a memória da voz potente de Tim Maia gritando “Ô Roger! Ô Roger!” quando o via. Tim havia acabado de voltar dos Estados Unidos e Skylab estava prestes a se tornar Salgueirense de coração e a se mudar para a Tijuca onde viveu até os 25 anos.

Ele só tinha pisado no Imperator antigo para ver um show de heavy metal de uma banda chamada Savatage. Apesar disso, afirma ter no samba a base de tudo. Em contrapartida, já perdeu as contas de quantas vezes se apresentou no Garage, ícone do underground carioca, na Rua Ceará (Praça da Bandeira). Em primeira mão ao Zona Norte Etc Skylab conta que por pouco não comprou a casa de shows:

O garage é uma coisa  maravilhosa! Los Hermanos, Planet Hemp,  Buzzcocks já tocou lá. Vou até contar algo em primeira mão ao Zona Norte Etc… Eu quase comprei o Garage. Quase! E se eu tivesse comprado te garanto que não estaria na situação que está hoje… Mas na época o Garage estava tão enrolado, com tantas dividas, que acabei desistindo. O Garage foi um momento na musica carioca muito importante

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier_2-3

Foto: Fabiano Albergaria

Skylab não esconde a predileção pelo público da zona norte. Segundo ele a principal diferença do pessoal da ZN é a voracidade com a qual vão aos shows. Diferente da zona sul, os shows que ele faz na zona norte normalmente ficam cheios e por isso vibrou quando falamos sobre a evidência da ZN ultimamente:

Os meus shows na zona norte são maravilhosos, entendeu cara? A ascensão da zona norte é maravilhosa! Isso é a descentralização. Se a política pública investir na zona norte eu aplaudo. A zona sul já está super conglomerada. Casas como o Imperator e as lonas culturais são muito importantes

Atualmente ele escreve uma coluna mensal no jornal Polivox que tem a proposta de falar apenas sobre as bandas que viveram essa época do Garage como Gangrena Gasosa, Sex Noise, Piu Piu e Sua Banda, Zumbi do Mato e outras.

ZN Night – “Sneaker Night” na Casa Fenomenal da Nike

Os vencedores da Sneaker Night eleitos pelo júri especializado | Fotos: Raul Aragão (I Hate Flash)
znetc_nike01_11

Foto: Thayane Dantas

Para celebrar a vitória emocionante da Seleção Brasileira, a equipe do ZN Etc compareceu à Casa Fenomenal da Nike e o sábado foi especial, com batalha de MC’s, o som internacional do DJ Diplo e a festa Wobble. Além de todas essas atrações, a Casa também promoveu a Sneaker Night, uma noite para que os cariocas fossem para a pista com os seus melhores tênis. O resultado foi além: alguns tênis foram usados pelos melhores cariocas. Exemplo disso foi o Nike Supreme de Marcelo D2, que passou por lá e bateu um papo com a gente sobre a moda na Zona Norte da cidade.

D2, nascido e criado no subúrbio do Rio, faz menção à região como se fosse parte considerável de seu DNA e acredita ser na ZN que a moda nasce de verdade:

Acho genial a ideia do blog porque o Rio de Janeiro é realmente uma cidade partida. É diferente a “garota zona sul” e a “garota zona norte” o “cara zona sul” e o “cara zona norte”. A Zona Norte dita moda pra caramba. Da ZN sai muita coisa que realmente as pessoas usam, que vem da rua de verdade

znetc_nike_Marcelo D2

Foto: Thayane Dantas

A ZN deixou mais que marcas na memória de Marcelo D2. Como ele mesmo afirmou quando questionado sobre qual era a relação dele com a região:

Está até o osso! Eu tenho tatuado a Zona Norte. Já tive inclusive uma marca de skate e roupa que se chamava Zona Norte

E a Sneaker Night também elegeu o sneaker mais incrível da noite. O público se empenhou no visual e tirou do armário modelos históricos para concorrer e o júri, composto por nomes como Rômulo Oliveira (líder da loja Nike de Ipanema), Rodrigo Abranches – aka Rod FBC do Fleshbeck Crew e Maíra Botelho do projeto “Pimp My Sneakers”, escolheu os melhores modelos de acordo com os critérios: mais raro, mais valioso e escolha do júri. Os 4 vencedores foram Milene Bezerra com Nike Air Force 180 Olympic, Felipe Rodrigues com Nike Dunk High Sb “skunk”, Carlos Henrique com Nike Air Jordan 3 e Ana Julia com Nike Air Max 1 BHM. Como prêmio, cada um recebeu um kit Nikesportswear.

Os vencedores da Sneaker Night eleitos pelo júri especializado | Fotos: Raul Aragão (I Hate Flash)

Os vencedores da Sneaker Night eleitos pelo júri especializado | Fotos: Raul Aragão (I Hate Flash)

Fechando a noite com chave de ouro, o DJ Diplo levou o público ao delírio com sua mistura de batida eletrônica e funk. Simplesmente sensacional!

znetc_nike01_7

Foto: Thayane Dantas

Para os curiosos: No nosso instagram @zonanorteetc postamos a foto do modelo especial da chuteira do craque Neymar Jr.

znetc_nike01_4

Foto: Thayane Dantas

E pra quem ainda não conheceu a Casa Fenomenal, até o fim da Copa ela estará em funcionamento, sempre aos sábados. Corre lá!

ZN Night: Arrabal das Artes com Marcelo Yuka e Dead Fish

Marcelo Yuka

Nesse sábado a equipe do ZN foi conferir a segunda edição do Arrabal das Artes no Sesc Tijuca. Dessa vez tivemos o show da banda Dead Fish e debate sobre grafite e cultura de rua com a participação de Marcelo Yuka e Marcelo Ment. Para a pintura ao vivo contamos com os artistas Memi, Zagri, Ted e Menega. Além de trabalhos expostos dos artistas 86, Denys Melo, Igor Cartaxo, Luiz Dacko e o coletivo Suport Clan.

Como não podia deixar de ser nossa equipe conversou com Yuka e olha o que ele falou quando soube da existência do Zona Norte Etc:

Marcelo Yuka

Foto: Artur Cunha

A Zona Norte é celeiro, eu venho daqui e aprendi muito entre a zona norte e a zona oeste. Sou formado em cultura de periferia não tenho nenhuma faculdade… Temos que nos mobilizar porque as diversões populares estão cada vez mais caras. Temos de ser cidadãos modernos e ocupar. Agora ficou mais fácil propor. A internet é outra rua. Agora… se não estivermos em ação ficamos apenas na transferência de dados e as ferramentas evaporam. Então, é preciso que essa possibilidade que a internet nos deu vire ação na nossa calçada, na nossa esquina. Não dá pra esperar da zona sul… Tô nem aí pra Zona Sul. Obrigado pela chance de falar isso!

Depois do debate e das palavras marcantes de Marcelo Yuka foi a vez de Dead Fish quebrar tudo como sempre!

dead fish arrabal das artes

Foto: Fabiano Albergaria

Até o próximo ZN Night!

ZN Night: 24 anos do Baile do Viaduto de Madureira

Banda Black Rio

Foi com grande prazer que o Zona Norte Etc esteve na edição especial de 24 anos do Baile do Viaduto de Madureira, tradicional night com um dos públicos mais estilosos da ZN. Muito charme, simpatia e música boa é o que se houve por lá. Além de respeito, educação e alto astral de quem frequenta o local.

Um dos fundadores e até hoje organizador do baile é Jones MFJay. EM entrevista exclusiva ao Zona Norte Etc ele destaca que o lazer, a diversão e o respeito são palavras de ordem na festa.

Jones MFjay

Foto: Thayane Dantas

“Isso aqui é uma ilha de paz nesse caldeirão que é madureira”

 

Para a mulher que detesta ser puxada pelo braço o Baile do Viaduto é o local ideal. O clima de azaração das boates mais badaladas passa longe do Baile, conforme conta Jones: “Aqui não tem briga, não tem discussão, não tem turma de Jiu-Jitsu, nem de academia, não tem coisa de pegar o braço da menina para dar beijo a força… essas coisa que são comuns em algumas boates da zona sul… aqui o pessoal vem pra dançar e se divertir.”

Uma das diversões garantidas é a figurinha certa do Baile: O Jacaré de Patins!

Jacaré dos Patins

Foto: Thayane Dantas

“Aqui não existe moda aqui existe estilo… essa é a diferença do baile” – Jones MFJay

Jacaré dos Patins é morador do Engenho Novo e frequenta o Baile do Viaduto há mais de 20 anos! Nessa data especial ele foi uma das figuras que abrilhantaram, literalmente o lugar. Dono de simpatia e bom humor contagiantes ele faz pose pra foto e afirma que o que mais gosta de fazer é dançar sobre os cartões postais da Cidade Maravilhosa.

Jacaré dos Patins

Foto: Thayane Dantas

Depois de muito charme chegou a vez da banda Black Rio fechar com chave de ouro a noite com seus maiores sucessos colocando todo mundo pra dançar ao som de muito funk e soul executados com maestria pelos músicos da banda.

Banda Black Rio

Foto: Thayane Dantas

Banda Black Rio

Foto: Thayane Dantas

Banda Black Rio

Foto: Thayane Dantas

O Baile do Viaduto de Madureira é parada obrigatória para quem quer curtir uma ótima noite de diversão, estilo e muito passinho!