PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico Inaugura em Caxias

pega caxias

PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico Inaugura em Caxias

pega caxias

Hoje, dia 28 de abril, Duque de Caxias está recebendo seu mais novo espaço de lazer, comunicação, entretenimento e arte, com a inauguração do PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico. O PEGA constitui-se em uma localidade onde lacunas serão preenchidas, e seu palco proporcionará inúmeros encontros e desencontros, além de muitas gargalhadas, deleites e experimentos ímpares.

O espaço estará aberto ao público harmonizando diversão e cultura. Situado no centro de Caxias, na Av. Duque de Caxias, em frente ao posto Shell Socape, ao lado de um ponto de ônibus que disponibiliza linhas municipais e intermunicipais. Com acesso pela Avenida Brigadeiro Lins e Silva, fica ao lado da RJ-101, e a menos de 10 minutos da Linha Vermelha ou da Rodovia Washington Luiz. Eles funcionam de terça a domingo, das 18h à 00h.

O projeto nasceu de um sonho que vislumbrava uma Duque de Caxias melhor, mais moderna e identificada com os lazeres das grandes cidades brasileiras. Para tanto, o PEGA comporta até 15 foodtrucks, praça de alimentação, espaço infantil gratuito, programação artística variada com certa ênfase à  musicalidade, e muito mais. Estes foodtrucks serão selecionados por convites da administração do espaço, mas sempre serão considerados os critérios de qualidade e apresentação, e, além disso, passarão por avaliação constante, inclusive com a participação efetiva dos clientes e amigos frequentadores. Em suma, o PEGA vem pra ficar. 

Mais informações sobre a inauguração aqui.

Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Com o estádio de Moça Bonita lotado o time da Vila Aliança tornou-se campeão da Taça das favelas 2017

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

O projeto da Taça das Favelas começou em 2012, e ano após ano, vem conquistando espaço não apenas no cenário de desenvolvimento do futebol de base, mas, também como lugar para se exercitar a cidadania. O sucesso se deve, entre outros fatores, à proposta de utilizar o esporte como instrumento de inserção social e de afirmação das identidades locais. Neste contexto o futebol serve para potencializar a cidadania. Além disso, a Taça das Favelas também tem função formadora de novos quadros, pois, visa aproximar, os jovens atletas oriundos das mais diversas comunidades, a oportunidade de realizar o sonho de ser um jogador profissional. Como é o caso dos meninos do Vila Aliança, time que levou a taça das favelas desse ano em um Moça Bonita lotado. Um dos responsáveis diretos por esse sucesso é o apoio, a força e o coração do técnico Franklin Ferreira de Melo.

A emoção do futebol vem de berço pra quem é de comunidade. A Taça das Favelas é como se fosse a Copa do Mundo. É uma oportunidade para os meninos mostrarem quem são. A emoção é indescritível. O futebol é a grande ferramenta de transformação. Eu venho da Vila Aliança. A gente mora em um lugar onde o desenvolvimento humano é um dos piores do RJ então o futebol é a salvação para aqueles meninos. É a oportunidade de sonhar e a Taça das Favelas nos dá essa oportunidade

A equipe da Vila Aliança vem batendo na trave na Taça das Favelas. Em 2015 ficou em segundo lugar perdendo pra equipe de Padre Miguel. No ano seguinte ficaram em terceiro lugar perdendo para o Muquiço, na semi-final, e esse ano o time chegou ao segundo tempo perdendo de 1 x 0 mas aos 45 minutos, literalmente, a equipe da Vila Aliança virou o jogo e levou a Taça. O segredo? Segundo Franklin, é o amor.

O amor é o sentimento máximo que temos na vida. Com o amor você chega a lugares que nunca antes havia imaginado. Naquele momento, perdendo de um a zero, os meninos estavam desacreditados mas desistir nunca foi uma opção porque o time nutria o amor

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 2

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Mesmo com todas as adversidades o time da Vila Aliança já está colecionando histórias de sucesso. Com essa vitória, surgiu a oportunidade para 31 meninos da equipe integrarem o quadro do Sub-17 do Bangu. E, além dos meninos, o Bangu levou também o técnico Franklin Ferreira de Melo que terá como auxiliar Martin Júnior, o Juneca, técnico do vice-campeão da Taça das Favelas: Jardim Bangu. Além dos meninos que irão para o sub-17 do Bangu temos o exemplo de Douglas Lima que hoje joga no Ontário Fury, na Califórnia, e saiu da Taça das Favelas do ano passado. Temos também Alexandre Mello que está com 18 anos e já tem contrato profissional com o Vasco da Gama. Mesmo assim, Franklin alerta:

O mais importante dentro da comunidade é mostrar que eles tem que ter o plano A e o plano B. O projeto tem que servir para dar um norte. As vezes você vai chegar mas outras não. O mais importante é você fazer aquilo que você gosta. Na comunidade não é fácil por conta das adversidades. No campo em que treinamos tem um lixão atrás da trave, tem cavalos e, às vezes, até carro rodando. Nós temos que conviver com isso. Não me faço de vítima, pelo contrário, o segredo está em pegar essas dificuldades e ultrapassar. É o que mostro para os meninos

A taça das favelas também acontece em outros estados e há a possibilidade que para o ano que vem seja realizado o “Favelão 2018”.

 

Motivação

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 3

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Um exemplo, entre tantos, que chama atenção é o de Matheus Piri, craque do time Vila Aliança. Matheus nutre um amor muito grande pelo tio que o criou desde pequeno. Um tio/pai que desperta um misto de ternura e tristeza em Matheus pois hoje é um dos nomes do tráfico local. O sonho dele foi que o tio dele pudesse ver o jogo. A única oportunidade seria se a partida fosse transmitida na TV, ou seja, teriam de ir para a final para contar com a transmissão da TV Brasil. E foi isso que moveu Matheus e consequentemente todo o time em busca do título. Parece roteiro de cinema mas é vida real. Não só chegaram à final mas ganharam, de virada, e Matheus sagrou-se artilheiro do campeonato.

 

Exemplo

Eduardo Silva

Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial CAP

Campeão da Taça das Favelas de 1999 com a comunidade Vila Kennedy, o atacante Eduardo Silva é uma das grandes revelações da competição. Naquele ano, ele despertou o interesse de clubes europeus e rumou para a Croácia, onde se profissionalizou e fez sucesso. Chegou a jogar a Copa do Mundo de 2014 pela seleção croata. Depois de passagens por Dinamo Zagreb, Arsenal, Flamengo e Shakhtar, o jogador está de volta ao futebol brasileiro em 2017 para defender o Atlético-PR. E os 31 jovens, novos reforços do Bangu, esperam ter o mesmo sucesso de Eduardo da Silva em um futuro próximo.

Curta a página Craques da Vida!

Mon-Ra – Atitude, Talento e Clipe Novo!

Soda Noise - Mon Ra

 

Soda Noise - Mon Ra

O nome dele é Ramon Tavares, vulgo Mon-Ra, tem 19 anos e é cria de São João de Meriti, mais precisamente do Bairro Grande Rio. Em 2014, ele foi responsável por criar a “Batalha da Praça“, no bairro de Éden, também em São João, onde foi palco de reunião de ótimos nomes da cena. Mon-Ra vem acertando desde sua primeira música gravada, chamada “Bandida”, que vai estar no 1º EP e foi classificada para o “Talentos – Meriti – 2015”.

A partir disso, ele vem crescendo, amadurecendo e produzindo muito. Nas letras, são evidenciadas realidades do cotidiano dos jovens da Baixada Fluminense visando a conscientização da galera. Em breve o EP “Praga do Egito” vai ser lançado. Entre as músicas estarão Sente o Peso, Minha Reflexão, Bandida e Elas Querem. Por enquanto, deixamos o clipe da música VQETNP (Vem Que Eu To No Porte) pra vocês curtirem e espalharem em suas timelines!

*Se você é músico, ou tem alguma dica, mande o material para: contato@zonanorteetc.com.br

Marcão Baixada Lança Mixtape (Ouça e Baixe)

header_sodanoise_marcão-baixada

header_sodanoise_marcão-baixada

É com muito orgulho que estreamos a nossa coluna Soda Noise no Zona Norte Etc. Por aqui traremos as dicas e notícias mais quentes do mundo da música. O prazer e satisfação vem em dobro por estrearmos com um artista que admiramos muito. O cara é talentoso, carismático e tem o papo reto. Ativista cultural e rapper da Baixada Fluminense Marcão Baixada vem se destacando cada vez mais na nova cena rap carioca.

Nas letras, a realidade vivida cotidianamente com rimas ácidas e com um flow bem original. Marcão é integrante do grupo #ComboIO junto com DMA e Léo Da XIII. Os caras não estão fracos não… Pra ter uma ideia, esse ano, eles trouxeram pra casa, mais especificamente pra Baixada Fluminense, a Copa do Mundo do Hip-Hop chamada “Take Back The Mic” que foi realizada em Miami – EUA. 

O trabalho solo completo do MC vai estar pronto em breve mas pra não deixar a galera aflita Marcão resolveu disponibilizar a mixtape “Black Friday” com exatos 22’37” de puro rap, já dando uma prévia do que vem por aí. Baixe o som e aumente a caixa porque o grave vai tremer com essa mixtape!

Baixe a Mixtape “Black Friday” de Marcão Baixada.

PRA OUVIR ONLINE:

01. Black Friday Intro
02. Santo de Rua (prod. SantoRua Antiéticos)
03. Selva, Pt. II
04. Mlk Solto
05. Século XXI (2012)
06. Não É Só Um Cap feat. DUGHETTU & Sistah
07. Psico (prod. GabasBeats)
08. Skit
09. Carta Aos Meus Iguais de Alma [Remix] (prod. Mr Break)
10. OG Bobby Johnson [Remix]
11. Fim de Papo [Meek Mill’s “The End” Remix]
12. Eu Já Sabia [Remix] feat. Hélio Bentes (prod. Luiz Café)

*Se você é músico, ou tem alguma dica, mande o material para: contato@zonanorteetc.com.br 

100% Charme

Mari - Viaduto de Madureira - Zona Norte Etc

O Baile do Viaduto de Madureira não é repleto de charme apenas no som. Temos prova disso a toda hora passeando por lá. Mari, que é frequentadora assídua, é um belo exemplo de que o baile é 100% charme! Ela é moradora de Caxias mas faz questão de curtir o baile porque adora  a música que rola por lá! Desse jeito constatamos que além de charmosa tem bom gosto musical!

Mari - Viaduto de Madureira - Zona Norte Etc

Foto: Thayane Dantas

Mari - Viaduto de Madureira - Zona Norte Etc

Foto: Thayane Dantas

Mari - Viaduto de Madureira - Zona Norte Etc

Foto: Thayane Dantas