Estilo ZN: Longo

znetc_gerais2_05_carol

As nossas representantes do estilo ZN de hoje optaram pela saia longa para compor os looks!

A Luize Lança é uma tijucana que adora poesia. Ela sempre participa dos saraus que rolam no Hotel da Loucura, no Engenho de Dentro.

znetc_gerais2_02_luiza

Foto: Rodrigo Caetano

A Talise também é tijucana, mas está sempre no Cachambi para apreciar a combinação pizza + cerveja na Capo Di Tutto. Ela optou pelo longo com transparência, em que parte do forro é mais curto.

znetc_gerais2_04 talise

Foto: Rodrigo Caetano

A Carolina Burnier é uma historiadora de arte do Grajaú, mas que ama Madureira. Ela escolheu uma saia longa com estampa e pra garantir o conforto arrematou com uma rasteirinha, tipo chinelo.

znetc_gerais2_05_carol

Foto: Rodrigo Caetano

 

#EUNÃOTIROMEUCAP

#eunãotiromeucaop iky castilho zona norte etc

O Zona Norte Etc tem como principal objetivo registrar o estilo e a moda que circula por essa região da cidade. Pregamos a democracia no vestuário, o entendimento da individualidade de estilo e a aceitação da personalidade de cada um.

Quando começamos o blog, a ideia foi mostrar essa diversidade da nossa cidade, com um olhar especial para uma região que é extremamente rica em cultura e atitude. E é por entender que a moda é uma forma de expressão, comunicação e pertencimento que deve ser respeitada, que apoiamos o movimento #EUNÃOTIROMEUCAP.

Simples, democrático, chique ou despojado, item de uniforme, símbolo de atitude e estilo. Mais do que apenas um acessório para proteger o rosto dos raios solares, o boné tornou-se ícone de diversas tribos. Rappers, skatistas, atletas, homens e mulheres de todas as idades incorporaram o boné ao seu vestuário.

O movimento surgiu como forma de repúdio à lei estadual 6.717/2014, aprovada em 18 de março, que “proíbe o ingresso ou permanência de pessoas utilizando qualquer tipo de cobertura que oculte a face nos estabelecimentos comerciais, públicos ou abertos ao público”. A fiscalização ficará a cargo dos seguranças e vigias de cada estabelecimento, e o descumprimento da lei acarretará multa de R$ 500,00.

A lei foi criada pela deputada estadual Lucinha (PSDB), sob o argumento de que os assaltos são realizados, na maioria das vezes, por pessoas que estão usando boné, gorro ou capacete. Mas é justo colocar como vilã uma peça do vestuário? A mobilização pretende alertar que  hoje o vilão é o cap, amanhã poderá ser o cabelo, a calça larga, a bolsa.

Hoje, dia 18/05, expira o prazo para os estabelecimentos se adaptarem. E para reforçar a postura contra a proibição, um coletivo formado por ativistas e articuladores da Zona Norte do Rio se reúne no Parque Madureira para um “bonezaço”, a partir das 16h, com apresentação de Djs, rappers, MCs e performandes de poetas, skatistas e grafiteiros. O objetivo é fazer do ato uma grande celebração consciente na expectativa que o bom senso prevaleça e a lei seja revogada.

Vista seu cap e participe!

Na foto, o rapper Iky Castilho e seu cap, apoiando o movimento. Tire sua foto com a hashtag #EUNÃOTIROMEUCAP e ajude a fortalecer esta causa!

#eunãotiromeucaop iky castilho zona norte etc

Foto: Fabiano Albergaria

ZN Night: Pré Lançamento do Rio Música Contemporânea

qinho

A Zona Norte teve o prazer de receber na última quinta-feira, uma prévia do que será o Rio Música Contemporânea que fará parte da programação do Imperator a partir do segundo semestre desse ano com os destaques da nova geração da música carioca. 

Para apresentar o projeto subiram ao palco:

 

Castello Branco

castello branco

Foto: Fabiano Albergaria

 

Mahmundi

mahmundi

Foto: Fabiano Albergaria

 

Lucas Vasconcellos

lucas vasconcelos

Foto: Fabiano Albergaria

 

O projeto Rio Música Contemporânea tem a dinâmica de criar duetos únicos entre os artistas participantes, como por exemplo Iky Castilho e Lucas Santana, em uma mistura sonora carregada de talento e criatividade.

 

lucas vasconcelos e iky castilho

Foto: Fabiano Albergaria

 

E fechando a noite o cantor Qinho, que também assina a direção artística do evento

 

qinho

Foto: Fabiano Albergaria

Em entrevista ao blog, Qinho contou que o projeto será permanente no palco do Imperator a partir do segundo semestre, com shows mensais e novos nomes da música contemporânea. Segundo o cantor, a ideia é incluir a Zona Norte no circuito cultural independente, apresentando novos artistas e criando uma caminho para que as produções culturais circulem por todos os eixos importantes da cidade.

Foto: Fabiano Albergaria

Foto: Fabiano Albergaria

 

Bem Gil, que fez parte da banda base da noite, elogiou o equipamento de som da casa, que realmente possibilitou uma sonoridade incrível ao show, e o sentimento de pertencimento que o morador da Zona Norte tem por sua região, destacando a importância de apresentar deste lado da cidade, que não costuma frequentar.

E agora resta esperar ansiosamente pelo lançamento oficial do projeto. Fique ligado por aqui para saber as novidades!

rio música contemporânea zona norte etc

Foto: Fabiano Albergaria

Em busca do samba

znetc_gerais01_2

A Carla Rocha é professora e mora em Vila Isabel, mas roda toda a Zona Norte atrás de um bom samba. Foi assim que se apaixonou por Madureira, bairro que abriga duas escolas de samba tradicionalíssimas, Portela e Império Serrano.

Ela estava expondo alguns turbantes lindos e escolheu para a foto um bem colorido, mais vivo, segundo ela.

znetc_gerais01_1

znetc_gerais01_2

znetc_gerais01_3

De raiz

znetc_gerais_03_1_alt

O João Gustavo Barbosa passou boa parte de sua vida em Bento Ribeiro e teve aquela infância clássica de soltar pipa e brincar na rua. Uma pena que hoje em dia ele, que é produtor de TV, tenha precisado se mudar para a Zona Oeste para ficar mais próximo ao trabalho e evitar o trânsito caótico da cidade. Mas suas raízes continuam fortes na Zona Norte e é pra cá que ele corre quando quer tomar uma cerveja, rever os amigos e visitar a sogra, moradora da Tijuca.

znetc_gerais03_2

znetc_gerais_03_1_alt