Mais ou Menos Isso – Pequenos Orgulhos Suburbanos

insta_vozdacomunidade_betinhocasas
insta_vozdacomunidade_betinhocasas

Foto: Reprodução Instagram @vozdacomunidade | @betinhocasas

Achar uma vaga no Baixo Méier sábado à noite.

Conseguir comer no Outback do NorteShopping sem fila.

O garçom do Cachambeer lembrar de você.

Ir sentado no metrô de Botafogo até a Pavuna.

Dizer que o Ronaldo Fenômeno também é de Bento Ribeiro que nem você.

Poder beber antes do jogo no Maraca porque depois vai voltar a pé pra casa.

Ter ido há muito tempo atrás em um daqueles cinemas de rua da Saens Peña.

Alguém perguntar que ônibus pega para Marechal Hermes e você saber de cor.

Saber todas as estações do trem de cabeça.

Já conhecer um bar do subúrbio que só virou modinha agora.

Conhecer um famoso porque ele foi seu vizinho.

Ouvir uma música que fala o nome do seu bairro.

Leo Valpassos e Lucas Ribeiro www.facebook.com/maisoumenosisso

*As opiniões publicadas nesta coluna são de responsabilidade integral dos autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

Mais ou Menos Isso – 10 provas de que a Zona Sul ama a Zona Norte

regram_insta_dl13ventura
regram_insta_dl13ventura

Foto: Reprodução Instagram @dl13ventura

Pode reparar. Você conhece muito mais gente que torce pra Mangueira, pro Salgueiro e pra Portela do que pra São Clemente, pra Rocinha e pra Alegria da Zona Sul.

Num Maracanã lotado, na hora do gol, um morador do Leblon já abraçou um morador de Madureira sem um saber onde o outro morava.

Aliás, não tem quem não ame os jogadores da Zona Norte: Zico, Romário, Ronaldo, só para citar alguns.

O Adão nasceu no Grajaú, mas hoje também bomba em Botafogo, por exemplo.

Te garanto que todo fim de semana tem casais da Zona Sul comprando na Rua dos Lustres em Benfica. Se bobear, eles ainda fazem uma boquinha na Cadeg depois.

Outra coisa: eu duvido que uma criança nunca tenha ido ao Zoológico na Quinta da Boa Vista.

E a Feira de São Cristóvão. Quem nunca?

Sabe o Sacolé do Claudinho na praia de Ipanema? Então, no subúrbio sempre teve uma tia que fazia sacolé pra galera.

Igual a onda do isoporzinho, que é moda na ZN desde cedo. 😉

E as músicas, hein? São tantas. Aposto que muita gente depois do túnel sabe direitinho qual a diferença entre o charme e o funk.

Leo Valpassos e Lucas Ribeiro www.facebook.com/maisoumenosisso

*As opiniões publicadas nesta coluna são de responsabilidade integral dos autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

Mais ou Menos Isso – Promessas Suburbanas

insta_pallomittas_zonanorteetc
insta_pallomittas_zonanorteetc

Foto: Reprodução Instagram @pallomittas

Este ano eu vou ler mais, mesmo que o busão fique balançando a viagem inteira.

Este ano eu vou ouvir mais música, mas sem ser com o porta-malas do carro aberto.

Este ano eu vou ser menos ansioso e não vou ficar esperando passar o meu signo naquele horóscopo da TV do ônibus.

Este ano eu não vou sair da dieta comprando amendoim, paçoquita e aquela pipoca de pacote rosa nessas casas de biscoito.

Este ano eu vou correr todos os dias, e não só porque a van já está parada no ponto.

Este ano eu vou fazer mais exercícios no Parque Madureira e comer menos na feijoada da Portela.

Este ano eu vou viajar mais, sem ser de trem com destino a Deodoro.

Este ano eu vou ganhar mais dinheiro, até porque a passagem de ônibus aumentou.

Leo Valpassos e Lucas Ribeiro www.facebook.com/maisoumenosisso

*As opiniões publicadas nesta coluna são de responsabilidade integral dos autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

Mais ou Menos Isso – Nossa Senhora da Zona Norte

insta_zona norte etc_alexandromsf
insta_zona norte etc_alexandromsf

Foto: Reprodução Instagram @alexandromsf

Multiplicai os ônibus com ar-condicionado.

Esvaziai o Mundial na semana de Natal.

Desviai as pessoas que param na porta do metrô, mas não vão descer na próxima estação.

Afastai o mar de gente das calçadas da Saens Peña.

Ventilai as janelas de Madureira.

Encontrai vaga no estacionamento do Shopping Tijuca.

Resgatai a esfiha por 0,39 centavos no Habib´s.

Liberai o pedágio da Linha Amarela nos finais de semana.

Determinai melhor os limites entre Penha, Vila da Penha e Penha Circular.

Acelerai as obras do BRT.

Gelai as cervejas da Varnhagen.

Encontrai algum quarto livre no Corinto no Dia dos Namorados.

Não me deixeis ser encoxado nos trens da Supervia.

Amém.

Leo Valpassos e Lucas Ribeiro www.facebook.com/maisoumenosisso

 

*As opiniões publicadas nesta coluna são de responsabilidade integral dos autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

Mais ou Menos Isso – Se os grandes filmes fossem na Zona Norte

insta_regram_jpco_zona norte etc
insta_regram_jpco_zona norte etc

Foto: Reprodução Instagram @jpco_

O Rei Leão seria com o leão da Dias da Cruz.

Cantando na Chuva aconteceria na Praça da Bandeira.

Madagascar no Zoológico de São Cristóvão.

Táxi Driver na verdade seria com os puxadores de charrete da Xavier de Brito.

O Labirinto do Fauno na Floresta da Tijuca.

Clube da Luta na saída de um clássico no Maracanã.

O Sexto Sentido no cemitério de Inhaúma.

Os Embalos de Sábado À Noite seria na Raio de Sol, é claro.

A Pequena Miss Sunshine seria com uma daquelas kombis que passam de madrugada no Méier.

O Indiana Jones teria cenas nos trens da Supervia, na Pedra do Grajaú e em alguma daquelas passarelas da Avenida Brasil.

Velozes e Furiosos seria na Linha Amarela de madrugada.

Quero Ser Grande naquele Parque Shanghai na Penha.

E Emanuelle na Vila Mimosa.

Leo Valpassos e Lucas Ribeiro www.facebook.com/maisoumenosisso

*As opiniões publicadas nesta coluna são de responsabilidade integral dos autores e não representam necessariamente a opinião deste site.