ZN Night – Rogério Skylab no CEP 20 Méier

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3
Ricardo Chacal_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3

Chacal em ação no CEP 20 Méier | Foto: Raphael Brasil

 

Essa semana rolou mais uma edição do CEP 20 Méier no Imperator com Chacal, muita poesia e show de Rogério Skylab. A equipe do ZN Etc foi conferir mais uma vez o evento e aproveitou pra bater um papo super legal com um dos artistas mais emblemáticos da música carioca.

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier-3

Foto: Fabiano Albergaria

Nascido e criado no bairro do Rio Comprido, mais especificamente na Rua Conselheiro Barros (que desembocava na Rua do Bispo) Rogério Skylab, na época Rogério Tolomei Teixeira, foi criado nos moldes da ZN, com muito futebol de rua, pipa, samba e Tim Maia. Opa! Peraí, nem todo menino da zona norte cresce tão perto do síndico. Acontece que Skylab sim. Tim era uma dos grandes artistas que frequentavam a Rua Conselheiro Barros. Rogério tinha então 5 anos e mantém viva a memória da voz potente de Tim Maia gritando “Ô Roger! Ô Roger!” quando o via. Tim havia acabado de voltar dos Estados Unidos e Skylab estava prestes a se tornar Salgueirense de coração e a se mudar para a Tijuca onde viveu até os 25 anos.

Ele só tinha pisado no Imperator antigo para ver um show de heavy metal de uma banda chamada Savatage. Apesar disso, afirma ter no samba a base de tudo. Em contrapartida, já perdeu as contas de quantas vezes se apresentou no Garage, ícone do underground carioca, na Rua Ceará (Praça da Bandeira). Em primeira mão ao Zona Norte Etc Skylab conta que por pouco não comprou a casa de shows:

O garage é uma coisa  maravilhosa! Los Hermanos, Planet Hemp,  Buzzcocks já tocou lá. Vou até contar algo em primeira mão ao Zona Norte Etc… Eu quase comprei o Garage. Quase! E se eu tivesse comprado te garanto que não estaria na situação que está hoje… Mas na época o Garage estava tão enrolado, com tantas dividas, que acabei desistindo. O Garage foi um momento na musica carioca muito importante

Rogério Skylab_Zona Norte Etc_ Cep 20 Méier_2-3

Foto: Fabiano Albergaria

Skylab não esconde a predileção pelo público da zona norte. Segundo ele a principal diferença do pessoal da ZN é a voracidade com a qual vão aos shows. Diferente da zona sul, os shows que ele faz na zona norte normalmente ficam cheios e por isso vibrou quando falamos sobre a evidência da ZN ultimamente:

Os meus shows na zona norte são maravilhosos, entendeu cara? A ascensão da zona norte é maravilhosa! Isso é a descentralização. Se a política pública investir na zona norte eu aplaudo. A zona sul já está super conglomerada. Casas como o Imperator e as lonas culturais são muito importantes

Atualmente ele escreve uma coluna mensal no jornal Polivox que tem a proposta de falar apenas sobre as bandas que viveram essa época do Garage como Gangrena Gasosa, Sex Noise, Piu Piu e Sua Banda, Zumbi do Mato e outras.

Boneca Underground

Foto: Artur Cunha

A Carolinne Barros estava assim toda linda e bonequinha passeando pela Tijuca, contrastando com o mar de camisetas pretas do público ansioso pelo show do Dead Fish no Arrabal das Artes, um respiro de feminilidade na aura undergound do lugar.

Ela é moradora de Irajá, mas ama a cena cultural tijucana e as bandas independentes do bairro, seja para frequentar shows ou apenas os ensaios, o importante é estar em contato com a música, sua paixão!

Foto: Artur Cunha

Foto: Artur Cunha

Foto: Artur Cunha

Foto: Artur Cunha

Quer participar no conteúdo do Zona Norte Etc e mostrar os principais looks do seu bairro? Clique aqui e saiba como colaborar.

ZN Night

ok - b negao1

Conforme anunciamos por aqui, ontem rolou a primeira edição do CEP 20 Méier, no Imperator. Conduzidos pelo poeta Chacal, diversos artistas de bairros da Zona Norte se apresentaram no espaço e para fechar, um pocket show do BNegão Trio.

ok - chakal2

Chacal, poeta carioca que ainda mantém viva esta arte no Rio de Janeiro, apresentou diversos artistas durante o evento, que tem como foco a produção colaborativa de conteúdo. Quanto mais interação do público, melhor!

ok - ccrp

A galera do CCRP – Circuito Carioca de Ritmo e Poesia que fez bonito e mostrou outras formas de ordenar palavras e criar rimas incríveis, através de composições e improvisos. E para quem quiser conhecer mais sobre o projeto, é só dar uma olhada na fanpage deles e se informar onde rolam as rodas de rima.

ok - sistah2

Junto com a turma do CCRP, Sistah Mo Respect representou (e muito bem!) o lado feminino do rap. Ela, que é de Parada de Lucas, já fez parte do Afroreggae e usa suas letras para contar o cotidiano de seu bairro e da comunidade de Vigário Geral, que faz parte de seu percurso diário.

ok - negrone

Dom Negrone, apresentador da Roda Cultural do Méier, também esteve por lá. O mestre de cerimônias, freestyler e produtor cultural é um dos principais nomes de repente / improvisação do Brasil e já venceu centenas de batalhas de free style com seu rap nascido em São Gonçalo.

ok - b negao

ok - b negao1

BNegão fechou a noite com alguns de seus sucessos, em um pocket show de meia hora com a formação do BNegão Trio e reforçou seu prazer de tocar na Zona Norte, em especial no Imperator, espaço que ficou fechado por muito tempo e finalmente voltou com força total.

Já estão previstas outras edições do CEP 20 Méier com nomes importantes da cena cultural carioca. Fique ligado por aqui para saber de todas as novidades!