Shopping Nova América leva “Mãe Natureza” de Rafa Mon para perto do público com Live Painting de uma semana!

rafa mon zona norte etc shopping nova américa

Shopping Nova América leva “Mãe Natureza”, de Rafa Mon, para perto do público com Live Painting de uma semana!

rafa mon zona norte etc shopping nova américa

Após uma votação acirrada nas redes sociais do Shopping Nova América nós temos o desenho vencedor que a partir do dia 07/04 fará parte da história do shopping e e da zona norte. Trata-se de mais uma linda criação da artista Rafa Mon chamada “Mãe Natureza”. A partir do próximo sábado (07/04), a artista estará no shopping realizando a pintura e você poderá acompanhar esse momento único de criação ao vivo!

A ação irá acontecer a partir de sábado no shopping e vai durar uma semana! Vale acompanhar de perto e registrar postando nas redes sociais com a #arteurbanazn

A curadoria da ação é assinada pela equipe Zona Norte Etc ;)

Sobre a artista:

Rafa Monteiro - Rafa Mon - é mineira mas há tempos habita em terras cariocas. Ao chegar por aqui, escolheu a Zona Norte como casa, mais precisamente o bairro da Ilha do Governador. Sua trajetória profissional começou na moda, mas logo começou a se aventurar pelas artes plásticas, sua maior paixão. Seus desenhos já enfeitaram bolsas garrafas, camisetas, sempre com as cores fortes que são sua marca registrada. Em 2014 começou a investir em um trabalho mais autoral, que teve apelo imediato com o público. Sua obra de impacto visual tremendo e de estilo inconfundível pode ser visto em vários muros do Rio de Janeiro, vencendo o desafio de tornar a cidade maravilhosa ainda mais bonita.

Sobre a obra:

- Mãe Natureza: Da mãe vem a vida e com inspiração nesse sentimento que deu luz ao mundo, surge uma explosão de cores. O aconchego do abraço, o carinho do colo, a segurança da proteção, representam a criação do universo, que teve origem no amor.

Verão na Casa

Casa Amarela by Nathalia Otero (3)

Verão na Casa

Verão na Casa (Casa Amarela) - janeiro2018 

Moda, decoração, arte, comidinhas e glitter

Dia 27/01, o coletivo tijucano Casa Amarela dá início às suas atividades do ano com um evento em clima de folia. Além dos 23 Residentes do projeto, que estarão com seus ateliês abertos, o espaço receberá marcas convidadas com fantasias e adereços carnavalescos para quem busca opções criativas para curtir os bloquinhos da cidade.

O “portas abertas” terá lançamento de coleção, apresentação das novas marcas residentes e lindezas indispensáveis para curtir o verão e o carnaval como as cangas da Zizi Anil, colares porta glitter para retocar a make da Oficina Carioca de Miniaturas, fantasias da by Nathalia Otero que podem ser adaptadas para usar o ano todo, pochetes coloridas da Teresa Maddalena e macaquinhos agender fresquinhos estampados da Toda Forma de Amor. Vale ir a caráter e aproveitar o “mini open bar de purpurina”!

A programação também inclui flash tesoura (corte de cabelo por R$50) e flash tattoo para aqueles que querem mudar o visual. O cardápio fica por conta do Chef Gustavo Fonseca e a doceria Kel Gastronomia, com direito a cerveja cortesia de boas vindas e as festejadas rodadas de limonada batizada por conta da casa.

Casa Amarela by Nathalia Otero (3)

Foto: Nathalia Otero

Em caso de dia ensolarado dá para curtir o quintal para relaxar, bater papo, balançar na rede e até aproveitar o banho de mangueira liberado.

Casa Amarela é um espaço compartilhado que abriga projetos e criações de pequenos produtores locais em uma charmosa casa tijucana.”

Verão na Casa

Dia: 27/01 (sábado)

Horário: 10 às 20h

Local: Casa Amarela – Rua Babilônia, 18A Tijuca

Entrada gratuita – Classificação livre

Casa Amarela (foto Ana Brettas) (10)

Foto: Ana Brettas

#DogFriendly

Galeria de Fotos Meeting Of Favela 2017

Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias

Galeria de Fotos Meeting Of Favela 2017

Terminou no dia 10, na Vila Operária, município de Duque de Caxias, Baixada Fluminense, a 12ª edição do Meeting of Favela (MOF), encontro de grafiteiros do Brasil e do exterior. O evento, que reúne em média de 300 a 500 artistas por edição, é considerado o maior encontro do gênero na América Latina. Este ano, participaram grafiteiros da França, Argentina e Japão, além de representantes de todo o Brasil. Segundo a organização, eles já começaram a planejar a edição de 2018. A nossa fotógrafa Clara Sthel cobriu o evento e você pode conferir o set completo na galeria abaixo ;)

Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Cobertura Meetting Of Favela 2017_Foto: Clara Sthel_Vila Operária Caxias
Arrow
Arrow
PlayPause
Cobertura Meetting Of Favela 2017 - Foto: Clara Sthel
Shadow
ArrowArrow
Slider
 
 

 

Manguinhos em Cena apresenta peça mitológica: “Fronteira”

Manguinhos em cena Foto Gui Maia

Manguinhos em Cena apresenta peça mitológica: “Fronteira”

Manguinhos em cena Foto Gui Maia

Foto: Gui Maia

Romance musical volta para nova temporada com seis apresentações exclusivas, em novembro, no Cineteatro Eduardo Coutinho.
 
 
Rock, blues, samba e funk estão presentes em “Fronteira”, peça do Coletivo Manguinhos em Cena. Espetáculo conta a história de amor mitológica entre “Flor e Sabiá”, os filhos jovens de “Gênesis e Gaia”. Líderes de territórios distintos que no passado também viveram um grande amor, os personagens ultrapassam as barreiras para viver um amor livre de tempo ou lugar. O espetáculo inova com os atores encenando no meio do público, numa plateia desconstruída, ao som da ópera-funk-rock.  A peça volta aos palcos para uma temporada especial que acontecerá nos dias 15 (quarta-feira), 16 (quinta-feira), 17 (sexta-feira) e 24 (sexta-feira), 25 (sábado) e 26 (domingo) de novembro de 2017. Serão duas apresentações por dia uma às 16 horas e outra às 19 horas, no Cineteatro Eduardo Coutinho da Biblioteca Parque de Manguinhos.

Com direção dos integrantes Maycon Barbosa e Sirlea Aleixo, e produção de Evaldo de Andrade, o “Fronteira” é uma ópera-funk-rock voltada para o público jovem que mostra a força dramatúrgica e o lado intuitivo musical do grupo. A trajetória do Manguinhos em Cena até esse segundo espetáculo, se traduz na ousadia e na potência de cada um dos atores em cena.

É uma grande sensação de preenchimento e realização que nos move a estar aqui cada vez mais fortes e preparados para atravessar a Fronteira e virar a luz para quem quiser ver. Ainda há muito o que fazer, a estrada está só começando. Mas não nos resta dúvida: Manguinhos em Cena vai percorrê-la com graça, talento e intensidade. Sem medo algum de atravessar a Fronteira - orgulha-se o grupo.

 

Sinopse

A Fronteira é um não-lugar no espaço, no qual todos os desavisados que atravessam seus limites, desaparecem. É o que diz a lenda. Ela fica entre dois territórios rivais com moradores que seguem seus líderes Gênesis e Gaia, sem questionar, desde tempos esquecidos. Um dia, os filhos jovens de Gênesis e Gaia – Flor e Sabiá, por se sentirem diferentes de todos ao seu redor, fogem e atravessam os limites da Fronteira. Eles se encontram, se conhecem e se apaixonam. O amor dos jovens vai provocar uma grande revolução nos territórios de seus pais e forçará Gênesis e Gaia a se encontrarem e enfrentarem, finalmente, o passado longínquo que os separou e exilou na terra.

 

SERVIÇO:

Peça “Fronteira”.

Dias: 15 (quarta-feira), 16(quinta-feira), 17(sexta-feira)

24 (sexta-feira), 25 (sábado), 26 (domingo) de novembro, em duas sessões (16h e 19h)

Local: Cineteatro Eduardo Coutinho, na Biblioteca Parque de Manguinhos

Endereço: Av. Dom Helder Câmara, 1184 – Manguinhos - Tel (21) 2204-1498

Ingresso: R$5

Classificação: 10 anos

Capacidade: 150 lugares (sujeito à lotação)

Leão Psicosubversivo do Méier

daniel porto leão psicosuberviso

Leão Psicosubversivo do Méier

daniel porto leão psicosuberviso

Arte: Daniel Porto

Pela definição dos organizadores e organizadoras, nossos queridos Leões e Leoas:

"Jogue num caldeirão efemérico:

Tiradentes, o monstro do Lago Ness, Charles Manson, Augusto dos Anjos, João Nogueira, Neil Young, Paulinho da Viola, Deborah Fontenelle, o Festival das Luzes da Índia e a expulsão de Trotsky do Partido Comunista Soviético:

Essa é a tônica para a edição 'Leão Psicosubversivo do Méier', uma edição de transgressão, celebração, resistência e catarse em meio à atonia e debilidade dos nossos tempos.

Na programação, show da banda Euráculo, discotecagem com DJ Rajão (por enquanto) e bolo de parabéns para a queridíssima leoa @Deborah Fontenelle!"

Então anote no caderno: Domingo,  12/11, de 16h às 22h na Praça Agripino Grieco, no Méier. Saiba como chegar e marque a sua presença no evento clicando aqui. Nos vemos lá!