Editorial Musa da Praia
Editorial Cheshire
Arrow
Arrow
Editorial: Kenner NK5 por Zona Norte Etc
Slider

Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Com o estádio de Moça Bonita lotado o time da Vila Aliança tornou-se campeão da Taça das favelas 2017

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

O projeto da Taça das Favelas começou em 2012, e ano após ano, vem conquistando espaço não apenas no cenário de desenvolvimento do futebol de base, mas, também como lugar para se exercitar a cidadania. O sucesso se deve, entre outros fatores, à proposta de utilizar o esporte como instrumento de inserção social e de afirmação das identidades locais. Neste contexto o futebol serve para potencializar a cidadania. Além disso, a Taça das Favelas também tem função formadora de novos quadros, pois, visa aproximar, os jovens atletas oriundos das mais diversas comunidades, a oportunidade de realizar o sonho de ser um jogador profissional. Como é o caso dos meninos do Vila Aliança, time que levou a taça das favelas desse ano em um Moça Bonita lotado. Um dos responsáveis diretos por esse sucesso é o apoio, a força e o coração do técnico Franklin Ferreira de Melo.

A emoção do futebol vem de berço pra quem é de comunidade. A Taça das Favelas é como se fosse a Copa do Mundo. É uma oportunidade para os meninos mostrarem quem são. A emoção é indescritível. O futebol é a grande ferramenta de transformação. Eu venho da Vila Aliança. A gente mora em um lugar onde o desenvolvimento humano é um dos piores do RJ então o futebol é a salvação para aqueles meninos. É a oportunidade de sonhar e a Taça das Favelas nos dá essa oportunidade

A equipe da Vila Aliança vem batendo na trave na Taça das Favelas. Em 2015 ficou em segundo lugar perdendo pra equipe de Padre Miguel. No ano seguinte ficaram em terceiro lugar perdendo para o Muquiço, na semi-final, e esse ano o time chegou ao segundo tempo perdendo de 1 x 0 mas aos 45 minutos, literalmente, a equipe da Vila Aliança virou o jogo e levou a Taça. O segredo? Segundo Franklin, é o amor.

O amor é o sentimento máximo que temos na vida. Com o amor você chega a lugares que nunca antes havia imaginado. Naquele momento, perdendo de um a zero, os meninos estavam desacreditados mas desistir nunca foi uma opção porque o time nutria o amor

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 2

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Mesmo com todas as adversidades o time da Vila Aliança já está colecionando histórias de sucesso. Com essa vitória, surgiu a oportunidade para 31 meninos da equipe integrarem o quadro do Sub-17 do Bangu. E, além dos meninos, o Bangu levou também o técnico Franklin Ferreira de Melo que terá como auxiliar Martin Júnior, o Juneca, técnico do vice-campeão da Taça das Favelas: Jardim Bangu. Além dos meninos que irão para o sub-17 do Bangu temos o exemplo de Douglas Lima que hoje joga no Ontário Fury, na Califórnia, e saiu da Taça das Favelas do ano passado. Temos também Alexandre Mello que está com 18 anos e já tem contrato profissional com o Vasco da Gama. Mesmo assim, Franklin alerta:

O mais importante dentro da comunidade é mostrar que eles tem que ter o plano A e o plano B. O projeto tem que servir para dar um norte. As vezes você vai chegar mas outras não. O mais importante é você fazer aquilo que você gosta. Na comunidade não é fácil por conta das adversidades. No campo em que treinamos tem um lixão atrás da trave, tem cavalos e, às vezes, até carro rodando. Nós temos que conviver com isso. Não me faço de vítima, pelo contrário, o segredo está em pegar essas dificuldades e ultrapassar. É o que mostro para os meninos

A taça das favelas também acontece em outros estados e há a possibilidade que para o ano que vem seja realizado o “Favelão 2018”.

 

Motivação

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 3

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Um exemplo, entre tantos, que chama atenção é o de Matheus Piri, craque do time Vila Aliança. Matheus nutre um amor muito grande pelo tio que o criou desde pequeno. Um tio/pai que desperta um misto de ternura e tristeza em Matheus pois hoje é um dos nomes do tráfico local. O sonho dele foi que o tio dele pudesse ver o jogo. A única oportunidade seria se a partida fosse transmitida na TV, ou seja, teriam de ir para a final para contar com a transmissão da TV Brasil. E foi isso que moveu Matheus e consequentemente todo o time em busca do título. Parece roteiro de cinema mas é vida real. Não só chegaram à final mas ganharam, de virada, e Matheus sagrou-se artilheiro do campeonato.

 

Exemplo

Eduardo Silva

Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial CAP

Campeão da Taça das Favelas de 1999 com a comunidade Vila Kennedy, o atacante Eduardo Silva é uma das grandes revelações da competição. Naquele ano, ele despertou o interesse de clubes europeus e rumou para a Croácia, onde se profissionalizou e fez sucesso. Chegou a jogar a Copa do Mundo de 2014 pela seleção croata. Depois de passagens por Dinamo Zagreb, Arsenal, Flamengo e Shakhtar, o jogador está de volta ao futebol brasileiro em 2017 para defender o Atlético-PR. E os 31 jovens, novos reforços do Bangu, esperam ter o mesmo sucesso de Eduardo da Silva em um futuro próximo.

Curta a página Craques da Vida!

Barbeiragem: O documentário que vai mexer com a sua cabeça

Barbeiragem

Barbeiragem: O documentário que vai mexer com a sua cabeça

As barbearias de favela são um mundo a parte e reúnem atributos que vão muito além dos estéticos. Afeto, reconhecimento, acolhimento, transformação, liberdade... nelas cuidamos da cabeça por fora e por dentro. Foi reconhecendo esse lugar mágico que a dançarina e agitadora cultural Gessica Justino sentiu a necessidade de documentar os espelhos, os sorrisos e as cabeças que passam e as que ficam. Assim nasceu a série documental chamada "Barbeiragem". Para início de conversa, Gessica quer mostrar a vida de dois grandes amigos barbeiros: Mineiro, que é autodidata e corta cabelo há mais de 25 anos, na Mangueira; e Papinho que é discípulo de Mineiro e o tem como grande inspiração.

A ideia de Gessica é ampliar e mostrar a trajetória de outros barbeiros do Brasil e de alguns países da África. O piloto do programa vai ser exibido no Festival Rider que é feito da rua, pra rua, pela rua. Um festival que celebra os Fazedores da cena criativa independente, em eventos descentralizados e gratuitos! Nessas datas, Gessica e os barbeiros vão participar de uma barbearia multimídia, em que as pessoas poderão ouvir música e ver vídeos enquanto fazem barba, cabelo e bigode. A programação você vê aqui. 

Enquanto isso você confere o teaser de "Barbeiragem":

Dreamland Museu de Cera é a nova opção de entretenimento da Zona Norte

DreamlandMuseudeCera_Norteshopping_ZonaNorteEtc_2_

Dreamland Museu de Cera é a nova opção de entretenimento da Zona Norte

Pela primeira vez no Rio de Janeiro, exposição traz peças de personalidades mundialmente conhecidas

Arrow
Arrow
ArrowArrow
Slider

A partir do mês de março o Dreamland Museu de Cera chega pela primeira vez ao Rio de Janeiro e é com muita alegria que anunciamos que ele aportou na zona norte carioca. O Acervo conta com 40 réplicas de cera em tamanho natural. A atração internacional e inédita proporciona a oportunidade de chegarmos próximos de alguns dos maiores ícones da cultura pop mundial e de personalidades internacionais. Para a montagem do museu foi destinada uma área de 800m² localizada no Pátio do Norte Shopping, toda climatizada, onde estão as figuras de cera, que impressionam por seu realismo.

Seja pelo mundo ou em destinos turísticos respeitados pelo Brasil, os Museus de Cera se tornaram tradição ao possibilitarem ao público comum a sensação de ver e estar perto de seus grandes ídolos. 

Em 2017, queremos dar prosseguimento ao nosso desafio de trazer eventos inéditos e que consideramos de interesse do nosso público. O NorteShopping é considerado como referência em cultura e entretenimento da Zona Norte da cidade e, além do teatro, boliche, patinação e outras atividades, queremos sempre inovar e trazer atrações bacanas. Por isso, acreditamos que esta exposição irá surpreender e animar os nossos clientes de todas as idades, que terão novas experiências e memórias conosco

Afirma Bruna Chiachio, gerente de marketing do NorteShopping.

Produzidas em ateliês na França e Inglaterra, as peças incluem personalidades como Amy Winehouse, Barack Obama, Michael Jackson, Papa Francisco e até personagens de filmes de Hollywood, como o Homem de Ferro. A exposição funcionará diariamente em uma loja do Pátio do NorteShopping, localizada no primeiro piso. Os ingressos são vendidos nas bilheterias localizadas no quiosque do primeiro piso (em frente à Sorveteria Itália) e no segundo piso (em frente ao quiosque da MAC). Crianças até 12 anos devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis. Menores de quatro anos não pagam, acompanhados de adulto pagante. É necessário comprovar idade.

Sobre o museu 

O formato de entretenimento do Dreamland Museu de Cera é pioneiro na América Latina e além de exposições itinerantes, oferece duas unidades fixas no Brasil. A primeira, localizada na Serra Gaúcha, em Gramado, no Rio Grande do Sul, foi aberta ao público em dezembro de 2009 e hoje é a principal atração da região. Seu acervo é superior a 110 figuras de cera. Foz do Iguaçu (PR), segunda cidade brasileira contemplada com o projeto, abriga o maior museu de cera da América do Sul, com acervo superior a 100 peças e que se destaca por sua imponente arquitetura. O Dreamland possui unidades no exterior em Cancun, México; e Boston, nos Estados Unidos.

No início de 2016, o Dreamland Museu de Cera inovou novamente e inaugurou o 1º Museu de Cera religioso da América Latina, com mais de 6.000m2 de área, localizado em Aparecida, São Paulo. E no segundo semestre do mesmo ano, inaugurou a sua primeira unidade nos Estados Unidos, na cidade de Boston.

 

Serviço:

Museu de Cera Dreamland – No NorteShopping

Onde: Pátio do NorteShopping – Av. Dom Hélder Câmara, 5474 – Cachambi.

Horário de funcionamento: De Segunda à Sábado: das 13h às 21h; domingos e feriados: das 12h às 20h20.

Valor da entrada: Segunda-feira: R$16 a meia-entrada (R$32 – inteira). De terça a sexta-feira: R$21 a meia-entrada (R$42 – inteira). Aos sábados, domingos e feriados: R$26 a meia-entrada (R$52 – inteira).

PROMOÇÃO #TODOMUNDOVAI: grupos de três ou mais pessoas pagam meia-entrada desde que adquiram o ingresso e entrem juntas na exposição.

Bloco Loucura Suburbana e os 30 anos da luta antimanicomial

BlocoLoucuraSuburbana_Carnaval2017_ZonaNorteEtc_FotoClaraSthel_11_

Bloco Loucura Suburbana e os 30 anos da luta antimanicomial

O bloco carnavalesco Loucura Suburbana trouxe como tema para o Carnaval 2017 os 30 anos da luta antimanicomial. Criado em 2001, como parte do processo de desconstrução do modelo asilar do Instituto Municipal Nise da Silveira, o Bloco Carnavalesco Loucura Suburbana rompe os muros e resgata o carnaval de rua do Engenho de Dentro, reunindo clientes, familiares e funcionários da rede de saúde mental, além de moradores do bairro e adjacências, criando um movimento de integração com a comunidade. O bloco abre o carnaval do bairro, arrastando foliões e contribuindo para transformar o preconceito contra a loucura em admiração, respeito e desejo de integrar-se.

Esses encontros entre a loucura e a cidade geram efeitos positivos individuais e coletivos pela construção de novas redes afetivas e simbólicas. Além disso, o acesso gratuito à cultura e ao lazer responde à necessidade dos moradores dessa região que ainda conta com poucos equipamentos culturais.  O desfile anual do Bloco Loucura Suburbana pelas ruas do Engenho de Dentro acontece toda 5ª feira antes do carnaval, acompanhado da bateria: A Insandecida, formada por alunos da Oficina de Percussão e amigos.

Abaixo você confere o registro dessa grande festa afetiva pela maravilhosa lente de Clara Sthel ;)

Arrow
Arrow
Foto: Clara Sthel
ArrowArrow
Slider

Vale lembrar que o bloco Loucura Suburbana recebeu o prêmio Serpentina de Ouro, concedido pelo jornal O Globo, na categoria organização em 2016 e na categoria destaque do carnaval 2013, e ainda, por duas vezes, o Prêmio Cultura e Saúde (edições 2008 e 2010).

Fotógrafo, escritor, desenhista, poeta ou matemático. Não importa! Mande o seu material e ajude a mostrar os talentos dos nossos subúrbios e periferias: contato@zonanorteetc.com.br

50 anos de sucesso

Canto_CircoVoador_FotoFabianoAlbergaria-21

50 anos de sucesso

Em 1967, no bairro da Tijuca, surgia um dos maiores ícones da moda carioca: a marca Cantão. Entre peças hit e produtos inesquecíveis, são 50 anos de história comemorados em 2017 com uma festa mais do que merecida. 

O Circo Voador recebeu na última quinta, 16/02, um festival de sorrisos, nostalgia e música boa. Bixiga 70, BNegão, Mulheres Rodadas e Noites do Norte deram o tom da festa, que também contou com vídeo de abertura emocionante com a trajetória da grife e depoimentos dos fundadores.

Atrações à parte, a emoção ali foi pessoal. Cresci fã do Cantão, colecionando editoriais da Capricho, fazendo listas de presentes com as icônicas mochilas e tênis. Anos mais tarde, a oportunidade de trabalhar naquele lugar que eu gostava tanto, primeiro como vendedora, depois fazendo parte do primeiro time de marketing da marca. Foram 8 anos de história. Na festa encontrei amigos, ex-colegas de trabalho, gente que passou pela minha vida com tanto carinho e que me tornaram hoje a pessoa e profissional que sou. Peço licença pra deixar o coração levar esse texto porque certamente sem o Cantão, talvez esse blog não estaria por aqui. Depois de sair, rodei pelo mercado, passei por outras marcas, mas sabe paixão antiga? Sim, sempre mexe com a gente e hoje eu só tenho a agradecer a todos os que de alguma forma contribuíram na minha trajetória. Parabéns Cantão, parabéns Peter, Leila e Tommy, que venham mais 50 anos!

Na galeria abaixo você confere um apanhado de gente linda que passou por lá!

Arrow
Arrow
ArrowArrow
Slider