Editorial Musa da Praia
Editorial Cheshire
Arrow
Arrow
Anuncie Aqui - Clique para falar conosco!
Slider

Sobre o Maior Amor do Mundo

Annie e Matheus_Mãe de Gêmeos_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_1_

Sobre o Maior Amor do Mundo

No mês passado fomos convidados a produzir mais um material incrível. Dessa vez, ficamos com a responsa de executar a campanha de Dia das Mães das Lojas Leader. O resultado, que já rodou as vitrines e as redes sociais da marca, você confere também por aqui, na nossa homenagem às mães e ao amor incondicional. Quem disse que mãe é tudo igual? Foi pensando nesse mote de diversidade que reunimos alguns exemplos que ilustram a pluralidade de situações e sentimentos maternos que podem ser despertos dentro de qualquer pessoa independente do sexo e grau de parentesco. Seja mãe, "pãe" (o pai que se esforça para fazer o papel de mãe), "mãevó" (aquela avó que te criou) ou "irmãe" (a irmã que até parece mãe). O que realmente faz a diferença é o sentimento e carinho dessas pessoas tão especiais em nossas vidas <3.

São muitas histórias lindas e foi difícil separar apenas 5. 

A Rafa Monteiro, mãe do Davi, é artista plástica, grafiteira e, por conta do trabalho, tem um horário fora dos padrões. E quem é que cuida do pequeno? A avó Ana.

Ana e Davi_Mãevó_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_2_

Foto: Bléia Campos

O pequeno fica em tempo integral com a avó, que dá disciplina e orientação na rotina de Davi que se amarra em desenhar e já segue os passos da mãe. Vamos combinar que nada melhor do que o amor, carinho, abraço e café quentinho da vóvó. 

Outro laço afetivo forte é o amor de irmãos. Pela história da Suelen, nós conhecemos um exemplo desse sentimento tão verdadeiro. Hoje, a Jenifer mora com a irmã, que tem o papel de mãe na vida dela.

Suelen e Jenifer_Irmãe_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_5_

Foto: Bléia Campos


Jenifer é filha de meu pai separado da minha mãe há uns 15 anos.

Mãe é amor, afeto e cuidado. Desde cedo, o Marc já sabia quem ele era e também qual era seu maior desejo: adotar uma criança! Há 12 anos, ele virou "pãe" da Lola e é mais uma das lindas histórias que inspiraram a nossa produção para o Dia das Mães Leader.

Marc e Lola_Pãe_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_4_

Foto: Bléia Campos


Adotei a Lola quando trabalhava como voluntário em um abrigo 12 anos atrás.

Dizem que amor de mãe não tem hora para acontecer. E a Evelyn sabe muito bem disso! Ela descobriu que estava grávida do Joaquim quando o marido estava viajando. E mais: ela já estava com 4 meses de gestação quando recebeu a notícia de que a família iria aumentar! Foi um susto, mas hoje o pequeno é companheiro para todas as horas!

Evelyn e Joaquim_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_3_

Foto: Bléia Campos


E o mundo virou rápido na correria. Mas com certeza nascia a pessoa que me mostrou a coragem que tenho e o que sempre quis construir

Se para uma mulher receber a notícia da maternidade é um momento mágico, imagina saber que essa emoção será em dose dupla? Essa foi a experiência pela qual a Ana Cristina passou. Só quem descobre que vai ser mãe de gêmeos consegue entender o quanto essa experiência é única e desafiadora.

Annie e Matheus_Mãe de Gêmeos_Lojas Leader_Produção Zona Norte Etc_Foto Bleia Campos_1_

Foto: Bléia Campos


Um choro em dobro. Uma vida em dobro. Ser mãe inteira para dois. Ser mãe duas vezes de uma vez só

Dia das Mães Leader Zona Norte Etc

 

Campanha Dias da Mães - Lojas Leader

Fotos: Bléia Campos

Produção Executiva: Carol Rabello (Zona Norte Etc)

Assistente de Produção: Anna Duarte

Make: Leo Ferreira 

Assistente de Make: Fernanda Suzz 

 

PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico Inaugura em Caxias

pega caxias

PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico Inaugura em Caxias

pega caxias

Hoje, dia 28 de abril, Duque de Caxias está recebendo seu mais novo espaço de lazer, comunicação, entretenimento e arte, com a inauguração do PEGA – Parque Encantado, Gastronômico e Artístico. O PEGA constitui-se em uma localidade onde lacunas serão preenchidas, e seu palco proporcionará inúmeros encontros e desencontros, além de muitas gargalhadas, deleites e experimentos ímpares.

O espaço estará aberto ao público harmonizando diversão e cultura. Situado no centro de Caxias, na Av. Duque de Caxias, em frente ao posto Shell Socape, ao lado de um ponto de ônibus que disponibiliza linhas municipais e intermunicipais. Com acesso pela Avenida Brigadeiro Lins e Silva, fica ao lado da RJ-101, e a menos de 10 minutos da Linha Vermelha ou da Rodovia Washington Luiz. Eles funcionam de terça a domingo, das 18h à 00h.

O projeto nasceu de um sonho que vislumbrava uma Duque de Caxias melhor, mais moderna e identificada com os lazeres das grandes cidades brasileiras. Para tanto, o PEGA comporta até 15 foodtrucks, praça de alimentação, espaço infantil gratuito, programação artística variada com certa ênfase à  musicalidade, e muito mais. Estes foodtrucks serão selecionados por convites da administração do espaço, mas sempre serão considerados os critérios de qualidade e apresentação, e, além disso, passarão por avaliação constante, inclusive com a participação efetiva dos clientes e amigos frequentadores. Em suma, o PEGA vem pra ficar. 

Mais informações sobre a inauguração aqui.

Chico Tadeu – Quem é esse cara?

Chico_Tadeu_CHT_Zona Norte Etc_Soda Noise

Chico Tadeu - Quem é esse cara?

Você pode até se perguntar "Quem é esse cara?" quando ouvir o nome de algum artista desconhecido mas certamente quando conhecemos um pouco do trabalho de Chico Tadeu a pergunta muda para: "Onde ouvimos mais música desse cara?" ou "Onde sei mais da trajetória dele?" Com Chico Tadeu é assim... 

Cria da ZN, mais especificamente de Madureira, nós falamos por aqui sobre o lançamento do primeiro CD do artista chamado "O Estado Crítico". Agora, indicamos para que assistam o documentário "Quem é Esse Cara?". Na produção, sabemos um pouco da vida de Chico Tadeu fora dos palcos, sua infância, sua trajetória musical e muito mais. O documentário conta com depoimentos de amigos, familiares e do próprio artista. Se ainda não viu, dê o play, porque vale a pena conhecer a arte de Chico Tadeu que recentemente assinou com a Sony Music e promete muito novidade para esse ano. 

 

Casa Aberta comemora 2 anos de coletivo tijucano

Obra de Rafael Geraldo

Casa Aberta Comemora 2 Anos de Coletivo Tijucano

alexandre aguiar

Trabalho de Alexandre Aguiar

A programação inclui compras, comidinhas e convidados

Para comemorar seus 2 anos ocupando um sobrado antigo na bucólica Rua Babilônia da Tijuca o coletivo Casa Amarela realizará no dia 08/04 (sábado) seu tradicional “portas abertas” intitulado CASA ABERTA. Em clima de bazar aconchegante o dia será voltado para receber amigos, clientes, curiosos e agregados que buscam em pequenos produtores locais produtos criativos.

Todos os espaços da Casa estarão em pleno vapor! Além da Loja Coletiva os outros ateliês (que geralmente funcionam somente com hora marcada) também receberão os visitantes durante o dia. Entre as mais de 25 marcas que estarão presentes é possível encontrar moda, acessórios e decoração. Lançamentos, coleções novinhas, descontos e brindes não vão faltar!

Moda sustentável, peças autorais e produtos artesanais ocupam toda a Casa que conta com pequenos estilistas como Nathalia Otero (by Nathalia Otero), Gisele Caldas (Fridoka) e Mana Malta (Orgânica). Karen Grimmer (Grimmer) ocupa uma das salas do coletivo onde trabalha na criação de bolsas de couro com estamparia manual e parceria com artistas como Renata Botelho com quem divide espaço para as aulas de aquarela. O arquiteto Alexandre Aguiar produz suas peças em cimento no quintal da Casa onde o cliente pode escolher inclusive a planta que o deseja no vaso. Também é possível encontrar produtos de profissionais de outros estados que tem na Casa Amarela seu  ponto fixo no Rio, como as louças pintadas à mão da artista plástica Lídia Quaresma (de Natal) e os bodies infantis da Honey Peppers (de São Paulo).

Obra de Rafael Geraldo

Obra de Rafael Geraldo

Entre os convidados quem marca presença é o icônico e clássico Rafael Geraldo, responsável pelos 4 painéis de grafitti da Casa. Para quem se apaixona pelo painel com flamingos localizado na entrada do coletivo a notícia é boa: Rafael levará flâmulas de madeira com reprodução da arte para venda.

O programinha de sábado também inclui comidinhas, bebidas e até visual novo. O Chef Gustavo Fonseca comandará a cozinha de onde sairão os disputados burgers artesanais e sanduíches fresquinhos, com direito a sobremesas preparadas pela Kel Gastronomia (incluindo chocolates diferentões para Páscoa) e bar com rodadas de cerveja e outras bebidas por conta da casa. Para quem quiser sair de lá com um corte de cabelo mais descolado as tesouras da Gabi Weiser farão o trabalho por R$ 30.

Orgânica_Casa Aberta
Chef Gustavo Fonseca
Kel Gastronomia
Artista Plástica Lídia Quaresma
Mana Malta (Orgânica)
Arrow
Arrow
Orgânica - Casa Aberta
Slider

O programa pode ser uma boa pedida para quem busca opções criativas de presentes para a Páscoa!

10h às 20h

Casa Amarela (Rua Babilônia 18A, Tijuca)

(21) 3189.6658

Memória em Verde e Rosa – Um filme de Pedro Von Kruger

Memória em Verde e Rosa

Memória em Verde e Rosa - Um filme de Pedro Von Kruger

O documentário "Memória em Verde e Rosa", de Pedro von Krüger já está nas telas de cinema! No filme, o morro da Mangueira é o palco onde o compositor Tantinho e antigos sambistas da campeã do Carnaval de 2016 recontam memórias da favela e do samba. A produção é da Com Domínio Filmes e Formiga Produções Culturais e a distribuição da Com Domínio Filmes. 

No filme, ao som de canções marcantes como "Linguagem do Morro" e "Exaltação à Mangueira", conhecemos mais do morro símbolo do Rio de Janeiro que, ao longo de mais de 80 anos, tornou-se um lugar de referência para a história do samba. O longa mostra os desafios e dilemas que os personagens enfrentaram para conquistar respeito na comunidade, reconhecimento na escola e espaço no meio artístico.

"Memória em Verde e Rosa" ressalta a força da Estação Primeira e de sua tradição musical, que se revelam na integração com a vida cultural da cidade. Além do compositor Tantinho, conta com as presenças do lendário mestre-sala Delegado, de Suluca, baiana mais antiga da agremiação, dos compositores Nelson Sargento, Hélio Turco, dos percussionistas Carlinhos do Pandeiro, Jaguara e, através de um rico material de arquivo, traz nomes como Cartola, Geraldo Pereira, Nelson Cavaquinho, Padeirinho e muitos outros. 

SINOPSE

O morro da Mangueira é o cenário onde o compositor Tantinho e antigos sambistas da Estação Primeira vão relembrar histórias sobre a favela e o samba. O documentário retrata os desafios e dilemas que os diversos personagens enfrentam em suas vidas para conquistar respeito na comunidade, reconhecimento na escola e espaço no meio artístico.

 

ENTREVISTADOS

Amauri Raposo

Broto

Carlinhos do Pandeiro

Chininha

Cici

Delegado

Guezinha

Hélio Turco

Hermínio Bello de Carvalho

Jaguara

Jorge Catacumba

Nelson Sargento

Neném Macaco

Paulão 7 cordas

Raymundo de Castro

Seu Nego

Suluca

Tantinho

Waldir Marcelino

Wilson Moreira

 

FICHA TÉCNICA

Direção: Pedro von Krüger

Produção: Alípio Carmo, André Horta, José Constant e Pedro von Krüger

Produção Executiva: José Constant e Bruno Arthur

Roteiro: Alípio Carmo e Felipe Bibian

Pesquisa: Alípio Carmo

Direção de Fotografia e câmera: Lula Cerri e Pedro von Krüger

Assistente de Direção: Gabriel Medeiros

Assistente de produção executiva: Pilar Salinas

Assistente de produção: Larissa Centurione

Pesquisa Iconográfica: Vicente Oliveira e Gabriel Bernardo

Fotografia Adicional e câmera: Bacco Andrade, Cris Conceição, Daniel Bustamante

Câmeras: Lula Carvalho, Pablo Baião, Mário Franca, Gabriel Hoffman, Nicolas Mandri, Miguel Lindenberg, Felipe Bibian, Rogério von Krüger

Assistente de Câmera: Nicolau Saldanha, Tomás Camargo, Daniel Terra, Miguel Morais,

Técnico de som: Pedro Sá, Marcel Costa, Bruno Armelin e Evandro Lima

Microfonista: Marcelo Noronha

Assistente de som: Vicente Oliveira

Edição: Marilia Morais, edt

Assistente de edição: Vicente Oliveira, Felipe Bibian, Antônio Porto e Gabriel Medeiros

Finalização de cor: Daniel Canela

Edição de som: Damião Lopes

Mixagem de som: Gustavo Loureiro

Produção: Com Domínio Filmes e Formiga Produções Culturais

Distribuição: Com Domínio Filmes