Junta Local + Leão Etíope do Méier no Imperator

Junta Local_Leão Etíope do Méier_Imperator

Junta Local + Leão Etíope do Méier no Imperator

Junta Local_Leão Etíope do Méier_Imperator

Pela terceira vez, o Leão Etíope do Méier tem a alegria de convidar a Junta Local para ocupar o belo terraço do Imperator

Leão Etíope do Méier, grupo 'conterrâneo' de produção cultural em espaços públicos do bairro, fica a cargo da curadoria musical que, desta vez, traz o show de Junu (Geraldo Junior) em formato experimental com releituras de clássicos de sua carreira. Antes e depois, sets com muita música de todo canto do mundo com DJ Calbuque, DJ Rajão e DJ Bruno Negrão.

Junta Local é uma maravilhosa iniciativa que reúne pequenos produtores, rurais e urbanos, dedicados a qualidade e transparência no serviço e nos produtos. Fechando o ano, a feira oferece delícias diversas ao público.

 

Atrações:
Leão Etíope do Méier

Junta local

Junu (Geraldo Junior)

 

Observação:
Gratuito. Sujeito a lotação.

Mais informações:

Horário: 13h - 22h

Imperator Centro Cultural João Nogueira
Rua Dias da Cruz, 170 - Méier

Tel.(21) 2597-3897

Email: contato@imperator.art.br

Site

Facebook

Classificação: LIVRE

Razab Brechó

razab brecho

Razab Brechó

O Razab Brechó é um negócio de família e é só sucesso! Montado pelas irmãs Isabela Dias e Raquel Felix, a ideia é garimpar peças incríveis em outros brechós da cidade, montar looks e às vezes até customizar algumas peças, para depois revender.

E o jeito de apresentar as produções é ainda mais incrível: vale ficar de olho no Instagram pra conferir os editorias produzidos por elas, com participação da prima Maria Clara Dias e do amigo Bernardo Quintella. A linguagem, meio oitentista e super moderna ao mesmo tempo, dá o tom das imagens e impulsiona a venda das peças. Então fica a dica: gostou, leva! Porque as peças são únicas e exclusivas.

Fica ligado nas redes do Razab Brechó pra saber as datas dos próximos eventos!

razabbrecho@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-1-3

Foto: Fabiano Albergaria

 

Jacaré é +

Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7

Jacaré é +

Peço licença para escrever um post pessoal, daqueles bem em primeira pessoa, cheio de notas mentais e emoção.

Há 3 anos, quando comecei o Zona Norte Etc, uma das primeiras pessoas que me chamou para conversar sobre parceria foi a Clariza Rosa. Nos encontramos para trocar uma ideia e ela me apresentou esse projeto lindo que acontecia dentro do Jacarezinho: o Jacaré É Moda, uma agência de modelos que não só se preocupava em levantar a auto estima das moradoras, mas também tinha como objetivo quebrar os padrões vigentes da moda. O slogan, frase de efeito, ou como você quiser chamar, era – e ainda é – Moda de Resistência. Aquilo foi como música para os meus ouvidos, afinal, não havia sinergia maior com a proposta que queríamos para esse site.

E assim nos conhecemos, fotografamos o primeiro editorial – nosso e deles – cobrimos o evento e nunca mais deixamos de nos admirar.

No último sábado a Jacaré Moda, já com status de produtora, cresceu para o mundo. Aos olhos cinematográficos da Papel & Caneta, a tela se encheu daquela resistência e transbordou em sentimento. Ver as lágrimas nos olhos do Júlio Cesar, idealizador do projeto que há mais de 10 anos acreditou nesse sonho, aqueceu o coração, deu esperança de dias melhores e, mais uma vez, o aval de que estamos no caminho certo.

Mas a minha experiência foi além. Tive o imenso prazer de ser convidada para uma mesa de debate logo após a exibição do filme, ao lado da empreendedora Maria Chantal e do documentarista Emílio Domingos, que responsa! A conversa foi igualmente intensa, com muita troca e a Clariza – maravilhosa como sempre – conduzindo as pautas. São tantos questionamentos importantes que uma hora foi pouco pra tanta interação.

Isso tudo pra dizer que a Zona Norte pulsa, criativa e esteticamente, como sempre, como nunca. E seguimos!

Abaixo você confere um registro desse bate papo inesquecível. Ficou curioso pra ver o filme sobre a Moda da Resistência? Então clica aqui pra conferir o post que fizemos com a chamada para o evento e dá uma olhada no teaser. Em breve vai rolar exibição no Jacarezinho e contaremos tudo por aqui.

Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Debate Periferia é Mais@Zona Norte Etc_Foto Fabiano Albergaria-7
Arrow
Arrow
Emílio Domingos, Carol Rabello e Maria Chantal - Foto: Fabiano Albergaria
ArrowArrow
Slider

Periferia é +

jcre

Periferia é +

periferia é mais

Tudo começou em setembro, quando o coletivo Papel & Caneta reuniu um mega time com lideranças criativas de diferentes partes do mundo para conhecer a história da produtora Jacaré Moda e mostrar a potência dos jovens das periferias do Rio de Janeiro. O resultado desse encontro foi o filme "Periferia é Mais" que será exibido no próximo sábado, 18/11, na MALHA, em São Cristóvão. Como se a felicidade por mais essa conquista dos nossos queridos parceiros não fosse suficiente, fomos convidados para participar dessa grande celebração com a nossa editora e produtora executiva Carol Rabello fazendo parte da mesa de debate do evento junto com o roteirista e diretor de cinema Emílio Domingos (+) (+) e a empreendedora e designer de moda Maria Chantal. Tudo isso com a mediação de Clariza Rosa. O tema debatido será "Periferia Como Narrativa Estética". 

O evento é gratuito, então segura essa data, não solta e vem com a gente: 18/11, sábado, na MALHA, que fica na Rua General Bruce, 274, em São Cristóvão.

Além da mesa de debate com o tema "Periferia Como Narrativa Estética", teremos:
+ Exposição dos editoriais criados pela Jacaré é Moda ao longo de 2017;
+ Exibição do Filme "Periferia é Mais";
+ Fervo Periférico com as DJs Louquai e JMinna;
+ Comidas :)

> ArteBurguer Gourmet
> Chef Thiago Trindade com Hermosos Nachos
> Bar com: cerveja zero grau, mate caseiro, refrigerante e água. #hidratese

Veja o Teaser

 

O restante da programação vai ser divulgada em breve aqui.

Você pode conferir os editoriais que fizemos em parceria com a Jacaré é Moda aqui e aqui.

Manguinhos em Cena apresenta peça mitológica: “Fronteira”

Manguinhos em cena Foto Gui Maia

Manguinhos em Cena apresenta peça mitológica: “Fronteira”

Manguinhos em cena Foto Gui Maia

Foto: Gui Maia

Romance musical volta para nova temporada com seis apresentações exclusivas, em novembro, no Cineteatro Eduardo Coutinho.
 
 
Rock, blues, samba e funk estão presentes em “Fronteira”, peça do Coletivo Manguinhos em Cena. Espetáculo conta a história de amor mitológica entre “Flor e Sabiá”, os filhos jovens de “Gênesis e Gaia”. Líderes de territórios distintos que no passado também viveram um grande amor, os personagens ultrapassam as barreiras para viver um amor livre de tempo ou lugar. O espetáculo inova com os atores encenando no meio do público, numa plateia desconstruída, ao som da ópera-funk-rock.  A peça volta aos palcos para uma temporada especial que acontecerá nos dias 15 (quarta-feira), 16 (quinta-feira), 17 (sexta-feira) e 24 (sexta-feira), 25 (sábado) e 26 (domingo) de novembro de 2017. Serão duas apresentações por dia uma às 16 horas e outra às 19 horas, no Cineteatro Eduardo Coutinho da Biblioteca Parque de Manguinhos.

Com direção dos integrantes Maycon Barbosa e Sirlea Aleixo, e produção de Evaldo de Andrade, o “Fronteira” é uma ópera-funk-rock voltada para o público jovem que mostra a força dramatúrgica e o lado intuitivo musical do grupo. A trajetória do Manguinhos em Cena até esse segundo espetáculo, se traduz na ousadia e na potência de cada um dos atores em cena.

É uma grande sensação de preenchimento e realização que nos move a estar aqui cada vez mais fortes e preparados para atravessar a Fronteira e virar a luz para quem quiser ver. Ainda há muito o que fazer, a estrada está só começando. Mas não nos resta dúvida: Manguinhos em Cena vai percorrê-la com graça, talento e intensidade. Sem medo algum de atravessar a Fronteira - orgulha-se o grupo.

 

Sinopse

A Fronteira é um não-lugar no espaço, no qual todos os desavisados que atravessam seus limites, desaparecem. É o que diz a lenda. Ela fica entre dois territórios rivais com moradores que seguem seus líderes Gênesis e Gaia, sem questionar, desde tempos esquecidos. Um dia, os filhos jovens de Gênesis e Gaia – Flor e Sabiá, por se sentirem diferentes de todos ao seu redor, fogem e atravessam os limites da Fronteira. Eles se encontram, se conhecem e se apaixonam. O amor dos jovens vai provocar uma grande revolução nos territórios de seus pais e forçará Gênesis e Gaia a se encontrarem e enfrentarem, finalmente, o passado longínquo que os separou e exilou na terra.

 

SERVIÇO:

Peça “Fronteira”.

Dias: 15 (quarta-feira), 16(quinta-feira), 17(sexta-feira)

24 (sexta-feira), 25 (sábado), 26 (domingo) de novembro, em duas sessões (16h e 19h)

Local: Cineteatro Eduardo Coutinho, na Biblioteca Parque de Manguinhos

Endereço: Av. Dom Helder Câmara, 1184 – Manguinhos - Tel (21) 2204-1498

Ingresso: R$5

Classificação: 10 anos

Capacidade: 150 lugares (sujeito à lotação)