Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Vila Aliança, Futebol, Amor e Franklin Ferreira de Melo

Com o estádio de Moça Bonita lotado o time da Vila Aliança tornou-se campeão da Taça das favelas 2017

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 1

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

O projeto da Taça das Favelas começou em 2012, e ano após ano, vem conquistando espaço não apenas no cenário de desenvolvimento do futebol de base, mas, também como lugar para se exercitar a cidadania. O sucesso se deve, entre outros fatores, à proposta de utilizar o esporte como instrumento de inserção social e de afirmação das identidades locais. Neste contexto o futebol serve para potencializar a cidadania. Além disso, a Taça das Favelas também tem função formadora de novos quadros, pois, visa aproximar, os jovens atletas oriundos das mais diversas comunidades, a oportunidade de realizar o sonho de ser um jogador profissional. Como é o caso dos meninos do Vila Aliança, time que levou a taça das favelas desse ano em um Moça Bonita lotado. Um dos responsáveis diretos por esse sucesso é o apoio, a força e o coração do técnico Franklin Ferreira de Melo.

A emoção do futebol vem de berço pra quem é de comunidade. A Taça das Favelas é como se fosse a Copa do Mundo. É uma oportunidade para os meninos mostrarem quem são. A emoção é indescritível. O futebol é a grande ferramenta de transformação. Eu venho da Vila Aliança. A gente mora em um lugar onde o desenvolvimento humano é um dos piores do RJ então o futebol é a salvação para aqueles meninos. É a oportunidade de sonhar e a Taça das Favelas nos dá essa oportunidade

A equipe da Vila Aliança vem batendo na trave na Taça das Favelas. Em 2015 ficou em segundo lugar perdendo pra equipe de Padre Miguel. No ano seguinte ficaram em terceiro lugar perdendo para o Muquiço, na semi-final, e esse ano o time chegou ao segundo tempo perdendo de 1 x 0 mas aos 45 minutos, literalmente, a equipe da Vila Aliança virou o jogo e levou a Taça. O segredo? Segundo Franklin, é o amor.

O amor é o sentimento máximo que temos na vida. Com o amor você chega a lugares que nunca antes havia imaginado. Naquele momento, perdendo de um a zero, os meninos estavam desacreditados mas desistir nunca foi uma opção porque o time nutria o amor

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 2

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Mesmo com todas as adversidades o time da Vila Aliança já está colecionando histórias de sucesso. Com essa vitória, surgiu a oportunidade para 31 meninos da equipe integrarem o quadro do Sub-17 do Bangu. E, além dos meninos, o Bangu levou também o técnico Franklin Ferreira de Melo que terá como auxiliar Martin Júnior, o Juneca, técnico do vice-campeão da Taça das Favelas: Jardim Bangu. Além dos meninos que irão para o sub-17 do Bangu temos o exemplo de Douglas Lima que hoje joga no Ontário Fury, na Califórnia, e saiu da Taça das Favelas do ano passado. Temos também Alexandre Mello que está com 18 anos e já tem contrato profissional com o Vasco da Gama. Mesmo assim, Franklin alerta:

O mais importante dentro da comunidade é mostrar que eles tem que ter o plano A e o plano B. O projeto tem que servir para dar um norte. As vezes você vai chegar mas outras não. O mais importante é você fazer aquilo que você gosta. Na comunidade não é fácil por conta das adversidades. No campo em que treinamos tem um lixão atrás da trave, tem cavalos e, às vezes, até carro rodando. Nós temos que conviver com isso. Não me faço de vítima, pelo contrário, o segredo está em pegar essas dificuldades e ultrapassar. É o que mostro para os meninos

A taça das favelas também acontece em outros estados e há a possibilidade que para o ano que vem seja realizado o “Favelão 2018”.

 

Motivação

Vila Aliança_Taça das Favelas_Zona Norte Etc 3

Foto: Site Oficial Taça das Favelas

Um exemplo, entre tantos, que chama atenção é o de Matheus Piri, craque do time Vila Aliança. Matheus nutre um amor muito grande pelo tio que o criou desde pequeno. Um tio/pai que desperta um misto de ternura e tristeza em Matheus pois hoje é um dos nomes do tráfico local. O sonho dele foi que o tio dele pudesse ver o jogo. A única oportunidade seria se a partida fosse transmitida na TV, ou seja, teriam de ir para a final para contar com a transmissão da TV Brasil. E foi isso que moveu Matheus e consequentemente todo o time em busca do título. Parece roteiro de cinema mas é vida real. Não só chegaram à final mas ganharam, de virada, e Matheus sagrou-se artilheiro do campeonato.

 

Exemplo

Eduardo Silva

Foto: Fabio Wosniak/Site Oficial CAP

Campeão da Taça das Favelas de 1999 com a comunidade Vila Kennedy, o atacante Eduardo Silva é uma das grandes revelações da competição. Naquele ano, ele despertou o interesse de clubes europeus e rumou para a Croácia, onde se profissionalizou e fez sucesso. Chegou a jogar a Copa do Mundo de 2014 pela seleção croata. Depois de passagens por Dinamo Zagreb, Arsenal, Flamengo e Shakhtar, o jogador está de volta ao futebol brasileiro em 2017 para defender o Atlético-PR. E os 31 jovens, novos reforços do Bangu, esperam ter o mesmo sucesso de Eduardo da Silva em um futuro próximo.

Curta a página Craques da Vida!

Barbeiragem: O documentário que vai mexer com a sua cabeça

Barbeiragem

Barbeiragem: O documentário que vai mexer com a sua cabeça

As barbearias de favela são um mundo a parte e reúnem atributos que vão muito além dos estéticos. Afeto, reconhecimento, acolhimento, transformação, liberdade... nelas cuidamos da cabeça por fora e por dentro. Foi reconhecendo esse lugar mágico que a dançarina e agitadora cultural Gessica Justino sentiu a necessidade de documentar os espelhos, os sorrisos e as cabeças que passam e as que ficam. Assim nasceu a série documental chamada "Barbeiragem". Para início de conversa, Gessica quer mostrar a vida de dois grandes amigos barbeiros: Mineiro, que é autodidata e corta cabelo há mais de 25 anos, na Mangueira; e Papinho que é discípulo de Mineiro e o tem como grande inspiração.

A ideia de Gessica é ampliar e mostrar a trajetória de outros barbeiros do Brasil e de alguns países da África. O piloto do programa vai ser exibido no Festival Rider que é feito da rua, pra rua, pela rua. Um festival que celebra os Fazedores da cena criativa independente, em eventos descentralizados e gratuitos! Nessas datas, Gessica e os barbeiros vão participar de uma barbearia multimídia, em que as pessoas poderão ouvir música e ver vídeos enquanto fazem barba, cabelo e bigode. A programação você vê aqui. 

Enquanto isso você confere o teaser de "Barbeiragem":

Complexo do Alemão ganha seu primeiro espaço de coworking

casa-brota_zona-norte-etc

Complexo do Alemão ganha seu primeiro espaço de coworking

casa-brota_zona-norte-etc

Localizada no Complexo do Alemão a Casa Brota abrirá os seus trabalhos no sábado. O local irá funcionar como um espaço de conexão e redes. A inspiração vem toda da favela com a criatividade, rataria, gambiarras, sons, cores, vibrações e energia que lhes são características. Tudo isso junto com novas mídias, tecnologia, inovação social, empreendedorismo e afrofuturismo. A Casa Brota é uma incubadora fértil de novos projetos, tendo a favela como centro da discussão sobre a cidade. Os projetos GatoMídia, Boca de Favela, Berro Inc, AmareVê, Magano e Sonata e Favelê, que fazem parte da Casa, acreditam e constatam que a favela pode nos apontar caminhos para a construção de uma cidade inteligente, sustentável e conectada. 

De acordo com o pensamento da Casa Brota:

Existem muitos projetos criativos produzidos dentro das favelas mas que não estão inseridos e legitimados no circuito de inovação da cidade, uma vez que, muitos desses circuitos não veem as demandas populares como fontes legitimas pra processo de criação. Por outro lado, apesar do número alto de empreendedores em favelas, esses empreendimentos não dialogam/conversam entre si. Um dos objetivos da Casa é fortalecer as redes dentro destes espaços populares e expandir a conexão para além da favela

Será o primeiro espaço de coworking localizado dentro do Complexo do Alemão. No próximo sábado, dia 17 de dezembro, às 16h, todos estão convidados para brotar por lá e participar desse dia histórico com direito a uma visão privilegiada do Morro do Alemão, um papo sobre inovação, tecnologia, rede e criatividade na favela e ainda um baile na laje por que ninguém é de ferro! A Casa, além de ser um espaço de conexão e redes, também realizará consultoria de comunicação para empreendimentos de favela e demais projetos e empresas que tenham como base Inovação + Tecnologia + Entretenimento + Engajamento.

Se liga na programação:

16h: Arte - sujeiraenojo

18h: Papo sobre inovação, tecnologia, rede e criatividade com Vitor Coffe (Kilombu) , Alline Cipriano (IBEJI) ,Marcelo Ramos (Bistro Estação), Adriano Cipriano (Estúdio Roncó), Sil Bahia (Olabi) e Carol Delgado (Puxadinho).

20h: Festinha

Bora Brotar!

COMO CHEGAR:
Referência último ponto das Kombis da Central
Tem como subir de Kombi e Mototaxi (3 conto) ou andando.

#casabrota

OPORTUNIDADE: Produtora Jacaré é Moda abre seleção para casting

jacare-e-moda_facebook_zona-norte-etc

OPORTUNIDADE: Produtora Jacaré é Moda abre seleção para casting

jacare-e-moda_facebook_zona-norte-etc

A Jacaré Moda, a produtora de moda periférica mais querida do ZN abriu em sua página do Facebook inscrições online para formação de casting. Agora, a produtora conta com dois espaços, um no Jacarezinho e um na Malha, em São Cristóvão. A Jacaré é Moda quer encontrar jovens periféricos e suburbanos, de todos os gêneros e personalidades, para compor o seu casting.

Para se inscrever, basta o candidato ter entre 15 e 25 anos e mandar no inbox do Facebook uma foto de corpo e uma de rosto mostrando todo o seu perfil. Se você topa fazer carão e ser autêntico e autêntica na frente das câmeras, está esperando o que? A seleção está aberta até o dia 12 de dezembro. Corra!

A Jacaré Moda entende que não existe um padrão certo de estética e luta para que a beleza, criatividade e o talento da periferia carioca tenham espaço no mercado de trabalho. Para saber mais, clique aqui.

A produtora é nossa grande parceira e já desenvolvemos lindos trabalhos como por exemplo o editorial A Mais Bela Entre Elas que você pode conferir abaixo:

editorial jacare moda_zona norte etc_1
editorial jacare moda_zona norte etc_2
editorial jacare moda_zona norte etc_3
editorial jacare moda_zona norte etc_4
editorial jacare moda_zona norte etc_5
Arrow
Arrow
ArrowArrow
Slider

Créditos

Fotógrafo: Artur Cunha
Make: Manuela Bárbara
Modelo: Vanatha Moraes
Produção de Moda: EcoModa
Produção Executiva: Carol Rabello – Zona Norte Etc
Locação: Jacarezinho

Quem sabe no próximo não será você o(a) modelo que vai arrasar nas fotos?

Serviço:

Seleções de modelos on-line

Onde? Página do Facebook

Até quando? 12/12

Quem pode participar? Todos os jovens da periferia ou subúrbio carioca que tenham entre 15 e 25 anos.

#modadaresistencia

Suburbano da Depressão: Causos, contos e crônicas

suburbano da depressão vitor almeida zona norte etc

Suburbano da Depressão: Causos, contos e crônicas

 

É com muita alegria que trazemos essa dica literária! Está em pré-venda no site da editora Autografia o livro "Suburbano da Depressão: Causos, contos e crônicas" de Vitor Almeida, criador da famosa página "Suburbano da Depressão", no Facebook. Os 100 primeiros, além de contarem com desconto, ainda levam o livro autografado pelo autor. É claro que já garantimos o nosso!

suburbano da depressão vitor almeida zona norte etc

Hoje podemos conjugar o verbo SUBURBANIZAR, graças aos deuses da Supervia, dos BRTs, das vans e das kombis. Nossa história tá aí, nas ruas, praças, quintais de casas, festas de família e suas confusões. Trouxe pra nós o que melhor tem no Rio de Janeiro: O SUBURBANO. Vira as costas pra praia, pro Cristo, pro Pão de Açúcar, meu primo! O Rio acontece aqui nas nossas ruas, no nosso improviso, nas nossas festas. - Vitor Almeida

Para garantir o seu exemplar basta clicar nesse link aqui.